sicnot

Perfil

Mundo

Dois mortos e 49 feridos em incêndio e motim numa prisão do Peru

Um incêndio intencional e um posterior motim no interior da prisão da cidade peruana de Chiclayo, a 780 quilómetros de Lima, causaram dois mortos e 49 feridos, dois deles graves, informaram as autoridades.

O diretor do Instituto Nacional Penitenciário indicou à Rádio Programas do Peru que o incêndio aconteceu pelas 02:30 de sábado (08:30 em Lisboa), em consequência de uma disputa entre dois grupos de reclusos.

Um dos presos deitou cola líquida noutro homem, identificado como Frank Sánchez, e pegou-lhe fogo. O homem não resistiu às queimaduras e morreu enquanto era transportado para o hospital Las Mercedes.

Em comunicado, a Procuradoria de Justiça da região de Lambayeque indicou que o incêndio causou 14 feridos, três deles em estado grave -- um, identificado como Jaime Gil, acabou por morrer no Hospital Regional de Lambayeque.

O fogo gerou um conflito entre os outros reclusos que escalou para um motim, de onde resultaram mais 35 feridos.

Lusa

  • Confrontos no Peru provocam quatro mortos e 20 feridos
    1:28

    Mundo

    Pelo menos quatro manifestantes morreram e mais de 20 pessoas ficaram feridas no Peru, em confrontos com a polícia. O conflito começou com um protesto contra um projeto de exploração mineira nos Andes, sendo que, a situação já levou o governo a decretar o estado de emergência em quatro províncias no sul do país.

  • Encontradas 120 botijas de gás para "um ou vários atentados"
  • Negligência é a principal causa dos incêndios
    1:32

    País

    A Polícia Judiciária deteve mais dois suspeitos de fogo posto este fim de semana. Ao todo já foram detidas pelo menos 99 pessoas pelas autoridades desde o início do ano, a maioria suspeitas de agirem intencionalmente. Mas desde 1 de janeiro até meados deste mês, dos 8 mil incêndios investigados pela GNR, mais de 3.300 tiveram causa negligente. 

  • Nicolás Maduro quer convocar "cimeira mundial de solidariedade"

    Mundo

    O Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, reiterou este sábado que convocará uma "cimeira mundial de solidariedade" com o país, que permita atenuar a "campanha criminosa" que considera existir contra a Venezuela, cujo Governo está cada vez mais isolado internacionalmente.

  • Concentração de motos em Góis
    2:28

    País

    Durante este fim de semana, decorre uma das concentrações de motards mais concorridas do país. A organização esperava cerca de 20 mil visitantes em Góis.