sicnot

Perfil

Mundo

Donald Trump diz que é "loucura" Alemanha receber refugiados

O pré-candidato republicano à presidência dos Estados Unidos da América Donald Trump classificou de louca a posição da chanceler alemã Angela Merkel, de acolher refugiados e disse que essa política apenas irá provocar motins no país.

ERIK S. LESSER

"Sempre pensei que [Angela] Merkel era uma grande líder. O que ela está a fazer na Alemanha é uma loucura. Uma loucura", disse hoje Donald Trump, no programa "Face the Nation", do canal de televisão CBS.

Na opinião de Trump, cuja popularidade subiu em alguns setores por causa dos seus comentários anti-imigração, a Europa "vai ter de lidar" com a crise migratória e deixou o aviso: "Vai haver motins na Alemanha".

Estima-se que a Alemanha venha a receber entre 800 mil e um milhão de refugiados, ainda neste ano, e a chanceler alemã insistiu que o seu país tem capacidade para lidar com esse número de pessoas.

Por seu lado, o pré-candidato republicano reiterou que os Estados Unidos da América não devem acolher refugiados, repetindo que acredita que os migrantes aparentam ser sobretudo "homens fortes", semelhantes a soldados que lutam pela causa 'jihadista'.

Sublinhando que será um grande problema se as pessoas que a Europa está a receber se revelarem combatentes de grupos islâmicos, Trump defendeu a criação de uma zona segura na região noroeste da Síria, onde os refugiados pudessem proteger-se da guerra que assola o país.

A ideia já foi apoiada pela Turquia, país que atualmente tem mais de 1,8 milhões de refugiados sírios no seu território, e tem sido discutida no seio do Departamento de Estado norte-americano, mas Washington ainda não tomou nenhuma posição pública.

Na versão de Trump dessa zona segura, os países do Golfo uniriam esforços para "retirarem uma grande parcela de terra à Síria e criarem uma zona segura para as pessoas".

Para o candidato às primárias republicanas, isso faria com que, posteriormente, os refugiados regressassem ao seu país de origem.

Lusa

  • Marcelo lembra as consequências da demissão de Vítor Gaspar
    1:06

    Caso CGD

    O Presidente da República reitera que o assunto Caixa Geral de Depósitos está fechado. Em entrevista à TVI, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou esta segunda-feira as consequências que a demissão de Vítor Gaspar, ministro das Finanças em 2013, provocou no sistema financeiro para justificar o facto de ter intervindo na polémica com as SMS trocadas entre Mário Centeno e António Domingues.

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne, capital da Austrália. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Pelo menos 18 detidos em protestos no Rio de Janeiro

    Mundo

    Pelo menos 18 pessoas foram esta segunda-feira detidas no Rio de Janeiro, Brasil, depois de confrontos com a polícia durante um protesto contra a privatização da empresa pública de saneamento, que serve o terceiro estado mais povoado do país.

  • O momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado
    1:21

    Mundo

    A investigação ao homicídio do meio-irmão do líder da Coreia do Norte no aeroporto da capital da Malásia está a provocar uma crise diplomática entre os dois países. Esta segunda-feira, um canal de televisão japonês divulgou imagens das câmaras de vigilância do aeroporto que alegadamente captam o momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado.

  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Os ensaios para a maior festa do ano
    1:16

    Mundo

    Em contagem decrescente para o Carnaval, no Rio de Janeiro, já começaram os ensaios para a maior festa do ano. A noite de testes na avenida Marquês de Sapucaí conta com desfiles gratuitos.