sicnot

Perfil

Mundo

Cerca de 300 pessoas detidas durante o fim de semana em Cuba

Vários grupos de dissidentes cubanos denunciaram hoje que cerca 300 ativistas foram detidos durante o fim de semana por causa da campanha "Todos Marchamos" a favor da liberdade dos presos políticos.

© Alexandre Meneghini / Reuters

O coordenador da União Patriótica de Cuba (UNPACU), José Daniel Ferrer, disse que se registaram 266 detenções temporárias de elementos daquele grupo em quase todas as províncias orientais do país.

José Daniel Ferrer foi também detido e esteve durante várias horas na unidade policial da cidade oriental de Santiago de Cuba.

Segundo José Daniel Ferrer, também foram revistadas pela polícia duas casas, em Santiago e Holguin, utilizadas como sede da UNPACU, onde foram apreendidos documentos, listas, dinheiro e registos audiovisuais.

"Esta busca está relacionada com a campanha 'Todos Marchamos' em que estão a participar cada vez mais organizações da oposição a pedir a libertação dos presos políticos", considerou o dissidente.

A líder das Damas de Branco, Berta Soler, confirmou que muitas organizações se estão a envolver naquela campanha promovida pelo Fórum de Direitos e Liberdade, que apela para a amnistia geral de mais de 100 presos políticos.

Berta Soler disse que, pelo menos, 78 dissidentes foram detidos depois de uma missão na igreja de Havana, entre os quais 53 mulheres das Damas de Branco.

Outras 27 mulheres daquela organização foram detidas noutros locais do país, acrescentou.

O porta-voz da Comissão Cubana dos Direitos Humanos e Reconciliação Nacional, Elizardo Sánchez, confirmou que houve entre 200 a 300 detenções.

Elizardo Sánchez considerou que se trata de uma "forma de reposta repressiva a qualquer oposição ao Governo" e que tem como objetivo limitar as "atividades e impacto" das organizações dissidentes.

O porta-voz da Comissão Cubana dos Direitos Humanos lamentou também que os países da América e da Europa "olhem para o lado" face àquela situação que se repete há 25 semanas.

"Só os Estados Unidos manifestaram a sua preocupação nos últimos tempos", disse.

Desde setembro, segundo aquela organização, foram detidas em Cuba 882 pessoas por motivos políticos.

O Governo cubano considera os dissidentes como "contrarrevolucionários" e "mercenários".

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.