sicnot

Perfil

Mundo

Detidos 5 funcionários da Air France que participaram no protesto da semana passada

A polícia francesa prendeu cinco funcionários da Air France por causa dos confrontos da semana passada, na sede da empresa. Os trabalhadores foram identificados como autores das agressões a dois diretores.

Reuters

As agressões aconteceram durante um protesto contra o despedimento de quase 3.000 pessoas.

Os funcionários interromperam uma reunião entre administradores e sindicatos e os diretores tiveram de sair escoltados do edifício.

A Air France não reagiu, para já, a estas detenções. A imprensa francesa avança que a empresa está a considerar medidas alternativas de restruturação, depois da forte contestação.

  • Air France anuncia reestruturação com despedimentos
    1:04

    Economia

    A Air France anunciou hoje uma reestruturação, que implicará o despedimento de cerca de três mil pessoas. Esta tarde, dois altos quadros da companhia, entre os quais o diretor de recursos humanos, foram agredidos por funcionários, que invadiram as intalações onde decorria uma reunião entre a administração e os sindicatos.

  • "O futuro da Autoeuropa não está em causa"
    0:43

    Economia

    O secretário de Estado do Trabalho apelou a que os partidos não se intrometam nas negociações entre os trabalhadores e a administração da Autoeuropa. Em entrevista à Edição da Noite da SIC Notícias, Miguel Cabrita afastou a hipótese de estar em causa o encerramento da fábrica de Palmela. 

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28