sicnot

Perfil

Mundo

Novos incidentes em Luanda com ativistas que apelam à libertação de 15 detidos

Um forte cordão policial envolveu esta segunda-feira a igreja de São Domingos, em Luanda, para onde estava anunciada uma missa e vigília defendendo a libertação dos 15 ativistas angolanos detidos desde junho, acusados da preparação de um golpe de Estado.

Os participantes, em silêncio, envergavam então peças de roupa branca, velas e cartazes com dizeres apelando à libertação dos 15 jovens e em solidariedade com o ´rapper' e ativista angolano Luaty Beirão.

Os participantes, em silêncio, envergavam então peças de roupa branca, velas e cartazes com dizeres apelando à libertação dos 15 jovens e em solidariedade com o ´rapper' e ativista angolano Luaty Beirão.

Conforme a agência Lusa constatou no local, o templo encontrava-se, pelas 19:00 (mesma hora em Lisboa), cercado por agentes da Polícia Nacional, por motivos desconhecidos.

Há denúncia de detenções, no local, de alguns ativistas que participavam nesta ação - também em solidariedade com Luaty Beirão, um dos 15 detidos e em greve de fome há 22 dias -, que foram entretanto libertados, segundo a mesma informação, dos organizadores.

Este novo incidente surge depois de uma forte mobilização policial no domingo para a igreja da Sagrada Família, também em Luanda, Angola, onde cerca de uma centena de pessoas se concentraram em vigília pelos mesmos motivos, mas que acabaram por pacificamente abandonar o local por recearem a intervenção da polícia, como disseram na altura à Lusa.

Essa desmobilização aconteceu pelas 20:30 de domingo, quando este grupo estava rodeado por dezenas de elementos da Polícia de Intervenção Rápida (PIR), incluindo um camião para lançamento de água já posicionado em frente - com as ruas envolventes cortadas ao trânsito automóvel - além de brigadas caninas, conforme a Lusa constatou no local, num ambiente de muita tensão.

Os participantes, em silêncio, envergavam então peças de roupa branca, velas e cartazes com dizeres apelando à libertação dos 15 jovens e em solidariedade com o ´rapper' e ativista angolano Luaty Beirão.

Essa foi a quarta vigília nas escadarias daquela igreja, a principal de Luanda. Contudo, após a mobilização policial de domingo, os participantes tentaram hoje fazer a mesma concentração, em moldes semelhantes, mas na igreja de São Domingos, a poucos quilómetros de distância.

Além de Luaty Beirão, permanentemente invocado nestes protestos dada a situação de saúde, os participantes alertaram para o caso de Nélson Dibango, outro dos 15 detidos neste processo e que iniciou também uma greve de fome nos últimos dias.

Em causa está a situação de um grupo de 17 jovens - duas em liberdade provisória - acusados formalmente, desde 16 de setembro passado, de prepararem uma rebelião e um atentado contra o Presidente angolano, mas sem que haja uma decisão do tribunal de Luanda sobre a prorrogação da prisão preventiva em que se encontram.

Denunciando que por esse motivo está detido ilegalmente - esgotado o prazo máximo de 90 dias de prisão preventiva sem nova decisão -, Luaty Beirão, ativista, 'rapper' e engenheiro, de 33 anos, entrou em greve de fome, há 22 dias.

A família de Luaty afirma que o ativista - que assina com os heterónimos musicais "Brigadeiro Mata Frakuzx" ou, mais recentemente, "Ikonoklasta" - corre "risco de vida", face à frágil situação de saúde, sendo, por isso, o foco principal destas vigílias, mas as autoridades angolanas desvalorizaram hoje esse cenário, garantindo que está a receber acompanhamento médico, desde sexta-feira, na prisão hospital de São Paulo, em Luanda.

Luaty Beirão é um dos rostos mais visíveis da contestação ao regime angolano e já chegou a ser preso pela polícia angolana em manifestações de protesto.

É filho de João Beirão, já falecido, que foi fundador e primeiro presidente da Fundação Eduardo dos Santos (FESA), entre outras funções públicas, sendo descrito por várias fontes como tendo sido sempre muito próximo do Presidente angolano.

A Lusa noticiou, na segunda-feira, o conteúdo do despacho de acusação proferido pelo Ministério Público angolano contra os 17 jovens, alegando que preparavam uma rebelião e um atentado contra o Presidente da República, prevendo barricadas nas ruas e desobediência civil, que estes aprendiam num curso de formação.

Lusa

  • Ativista angolano em greve de fome há 20 dias em estado grave
    1:31

    Mundo

    O ativista angolano em greve de fome há 20 dias foi transferido para um hospital-prisão e encontra-se em estado grave. Luaty Beirão foi detido em Junho com outros 14 jovens acusados de estarem a preparar um golpe de Estado e um atentado contra o Presidente da República de Angola.

  • Televisão angolana refere-se pela 1ª vez a Luaty Beirão sem mencionar greve de fome

    Mundo

    Luaty Beirão é um dos rostos mais visíveis da contestação ao regime angolano. O luso angolano, em greve de fome há 21 dias, permanece em estado crítico. Este fim de semana foi transferido para um hospital-prisão e continua a recusar ingerir alimentos ou soro. Este sábado, no dia em que Luaty foi transferido para o hospital prisão, a Televisão Pública de Angola (TPA) referiu-se pela primeira vez ao caso, sem nunca falar em greve de fome. Nas palavras da TPA, Luaty Beirão está debilitado porque passou a ter um comportamento diferente em relação aos alimentos.

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • ERSE concluiu que estavam a ser pagos 165 milhões euros a mais à EDP
    0:53

    País

    José Gomes Ferreira afirmou esta sexta-feira que a ERSE -Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos concluiu que estavam a ser pagos 165 milhões de euros a mais do que o necessário à EDP. Contratos que foram postos em prática em 2007 por Manuel Pinho, na altura ministro da Economia.

  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • Porque erram os árbitros?
    2:03

    Desporto

    Num momento em que a polémica em redor da arbitragem está acesa e que nem o videoárbitro parece ter contribuído para a pacificar o futebol, em Leiria juntaram-se treinadores e homens do apito para se entender porque erram os árbitros.

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Mundo

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Viagem de balão para ver as cerejeiras em flor
    14:27
  • Niassa foi o 4.º lince-ibérico libertado a ser atropelado em Portugal
    1:33

    País

    Uma fêmea de lince-ibérico foi encontrada morta com sinais de atropelamento na A22, próximo de Olhão. A fêmea, criada em cativeiro, tinha sido libertada no Vale do Guadiana em fevereiro de 2017. É o quarto lince-ibérico, que tinha sido libertado na natureza, que morre atropelado em Portugal.

  • "Há uma aceitação do lince no território"
    3:33

    País

    Apesar de já se terem registado em Portugal quatro atropelamentos de linces libertados na natureza, em entrevista à SIC, Pedro Rocha, do Departamento do Alentejo do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), disse que o programa de reintrodução "tem corrido bastante bem", não só devido às condições do habitat e disponibilidade de alimento, mas também porque "há uma aceitação do lince no território". Desde 2015, foram libertados no Vale do Guadiana 33 linces e 16 já nasceram em estado selvagem.

  • EUA acusam Síria de tentar apagar provas de alegado ataque químico em Douma
    1:28
  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • O "anjo" que quer ensinar raparigas a programar
    2:59