sicnot

Perfil

Mundo

Suspeito de assalto à mão armada foge em carro da Uber

Um homem suspeito de assalto a mão armada numa loja de Parkville, nos Estados Unidos, chamou um carro operado pela Uber para fugir do local do crime.

Baltimore County Police Department

O caso aconteceu na semana passada. Dashawn Terrell Cochran, 23 anos, estava numa loja da cadeia Royal Farms em Parkville, no Maryland, quando alegadamente terá entregue um frasco de Tylenol na caixa, quando apontou uma arma ao funcionário, exigindo-lhe todo o dinheiro da registadora.

O homem saiu depois a correr da loja, mas no seu encalço seguiu uma unidade policial, que entretanto recebeu a sua descrição.

Cochran foi visto a entrar para um Lexus prateado. Quando a polícia mandou para o carro, o motorista afirmou ser da Uber. O morotista, bem como um segundo passageiro, foram libertados, depois da polícia garantir que "nada tinha a ver com o assalto".

Dashawn Terrell Cochran foi detido, acusado de assalto à mão armada.

  • "De hoje em diante, só a América virá em primeiro lugar"
    3:20
  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39

    Mundo

    As primeiras decisões da era Trump não tardaram. O 45.º Presidente dos Estados Unidos da América já avançou com algumas medidas, entre elas, a confirmação dos nomes que vão compor a nova administração e a criação do Dia do Patriotismo.

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.