sicnot

Perfil

Mundo

Homem sobrevive seis dias num deserto australiano alimentando-se de formigas

Um homem de 62 anos sobreviveu durante seis dias num remoto deserto do oeste da Austrália, sem água e a alimentar-se à base de formigas, informam hoje os 'media' locais.

Reuters

Reginald George Foggerdy foi caçar, na quarta-feira, com o seu irmão numa zona desértica situada a cerca de 170 quilómetros da localidade de Laverton, no interior do estado da Austrália Ocidental.

O seu irmão alertou a polícia depois de notar a sua ausência, tendo as autoridades encontrado Reginald George Foggerdy a cerca de 15 quilómetros da sua tenda de campanha, após realizar buscas por terra e por ar.

O homem estava "extremamente desidratado e um pouco delirante (...) não bebeu água durante seis dias", disse o porta-voz da polícia Andy Greatwood à cadeia televisiva ABC, indicando que o caçador passou os últimos dias debaixo de uma árvore e a comer formigas negras.

A mulher do caçador, Arlyn, considerou um "milagre" a sobrevivência de Foggerdy.

  • "Hoje vi chover lume"
    3:57
  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24

    Economia

    Milhares de clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que até aqui estavam isentos de qualquer pagamento, vão começar a pagar quase 5 euros por mês por comissões de conta. A medida abrange também reformados e pensionistas e entra em vigor já em setembro. Ainda assim, os clientes com mais de 65 anos e uma pensão inferior a 835 euros por mês continuam isentos.

  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC