sicnot

Perfil

Mundo

Polícia detém na Nova Zelândia empresário suspeito no caso do leite contaminado

Um empresário de 60 anos foi detido na Nova Zelândia por suspeitas no envolvimento no caso do leite para crianças contaminado, que teve de ser retirado não só dos mercados neozelandeses, como de vários países asiático como da China ou da Tailândia.

O leite contaminado teve de ser retirado não só dos mercados neozelandeses, como de vários países asiático como da China ou da Tailândia (AP/ Arquivo)

O leite contaminado teve de ser retirado não só dos mercados neozelandeses, como de vários países asiático como da China ou da Tailândia (AP/ Arquivo)

Sanka Gayashan

Depois de quase 1 ano de investigação, a polícia conseguiu levar a tribunal o responsável pela maior empresa de laticínios do país, que representam mais de 7% do PIB da Nova Zelândia.

Depois das primeiras suspeitas, ainda em 2013, os produtos da marca Fonterra foram retirados, por suspeitas de conterem uma bactéria responsável pelo botulismo. Suspeitas que, mais tarde, se provaram falsas mas que abalaram um dos maiores exportadores de produtos lácteos do mundo.

Já este ano registou-se um novo alerta para o leite em pó desta marca, desta vez devido à presença de um pesticida que obrigou à suspensão de venda dos produtos, em março.

A investigação policial concluiu que o homem, agora detido, agiu sozinho. Apesar desta conclusão, a investigação vai continuar.

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.