sicnot

Perfil

Mundo

Polícia indiana detém suspeito de violação de menina de 4 anos

A polícia indiana anunciou hoje a detenção do principal suspeito de um brutal ataque perpetrado contra uma menina de quatro anos que foi violada e golpeada com uma lâmina antes de ser abandonada junto a uma linha de comboio.

© Ahmad Masood / Reuters

A criança, que se encontra nos cuidados intensivos, brincava junto de casa, localizada numa zona pobre de Nova Deli, quando desapareceu na sexta-feira.

Segundo os media locais, a menina sofreu graves ferimentos internos e aparentemente foi golpeada com um objeto pontiagudo.

"Prendemos o principal suspeito, que é um jovem desempregado de 25 anos. Ele costumava visitar a zona com frequência e era conhecido da vítima", disse fonte policial à agência AFP.

"Estamos a verificar se esteve envolvido em casos anteriores de agressão sexual. Também estamos a interrogar outras pessoas", afirmou, sob a condição de anonimato.

A polícia acredita que o ataque envolveu mais do que uma pessoa e tem vindo a interrogar outros suspeitos, apesar de só ter efetuado uma detenção até ao momento.

Este caso é o mais recente de uma série de violações sexuais na Índia que volta a colocar em evidência os assustadores níveis de violência de que são alvo as mulheres no segundo país mais populoso do mundo.

A Índia registou 36.735 casos de violação em 2014 -- 2.096 dos quais em Nova Deli.

Porém, segundo especialistas, os números encontrar-se-ão subestimados, representando apenas uma fração da verdadeira escala do problema.

A questão da violação tornou-se mais sensível na Índia depois de um caso ocorrido em 2012, quando uma estudante foi vítima de uma violação coletiva num autocarro, em Nova Deli, e acabou por morrer devido aos ferimentos que lhe foram provocados, demonstrando a agressividade do ataque.

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.