sicnot

Perfil

Mundo

Governo do Sudão acusado de impedir entrega de rações à missão da ONU no Darfur

As autoridades sudanesas estão a impedir a entrega de rações e outros mantimentos necessários destinados às tropas que integram a Missão da União Africana-ONU no Darfur (UNAMID), acusou hoje o embaixador britânico nas Nações Unidas, Matthew Rycroft.

© Mohamed Nureldin Abdallah / R

"Eles estão a reter rações cruciais e outras mercadorias (na cidade marítima) de Port Sudan destinado às tropas da UNAMID", afirmou aos jornalistas Matthew Rycroft, apelando ao governo sudanês para "parar" com o embargo que "vem acontecendo há semanas".

A menos que o executivo de Cartum levante o bloqueio, a ONU terá de tomar medidas adicionais para entregar os suplementos, que podem resultar em milhões de dólares de custos adicionais para o orçamento de manutenção da paz, alertou Matthew Rycroft.

O diplomata ameaçou apresentar a questão no decurso da reunião de hoje do Conselho de Segurança da ONU.

Face à situação, o custo mensal total para obter suprimentos necessários visando garantir as forças de paz no terreno poderá aumentar de 2,6 milhões para 11,3 milhões de euros, estimou Matthew Rycroft.

Criada em 2007, a missão, integra 17.000 soldados e policias e tem uma estrutura de duplo comando da ONU e União Africana que garante ajuda humanitária e a proteção de civis na região do Darfur, que há 12 anos é palco de violência entre rebeldes e o governo de Cartum.

O conflito já provocou 300 mil mortos e dois milhões de deslocados internos, segundo estimativas das Nações Unidas.

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.