sicnot

Perfil

Mundo

Maduro preocupado por alegada ameaça de golpe de Estado contra Dilma

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse hoje estar preocupado por uma eventual ameaça de golpe de Estado contra a sua homóloga do Brasil, Dilma Roussef, a quem manifestou o apoio de Caracas.

© Ueslei Marcelino / Reuters

"Nós não vamos ficar calados perante uma tentativa de golpe de Estado no Brasil, nem em nenhum Estado da América Latina e das Caraíbas. Nem nos deixaremos manietar, tapar a boca. Falaremos com voz clara e aberta para apoiar os movimentos populares e o povo do Brasil", disse.

Nicolás Maduro falava durante uma conferência de imprensa em Cochabamba, Bolívia, à margem de uma reunião com o seu homólogo boliviano, Evo Morales, tendo ambos garantido que dispõem de informações sobre fatos desestabilizadores contra o Governo da Presidente brasileira Dilma Roussef.

"Estamos a ver a situação no Brasil com muita preocupação e alarme. Tanto o Presidente Evo Morales como eu manifestamos a nossa preocupação e vamos iniciar um conjunto de consultas porque parece anunciar-se no Brasil um golpe de Estado", disse.

Durante a conferência de imprensa, o Presidente da Venezuela frisou ainda que depois de muito trabalho para "levantar os movimentos populares" e para que "os governos sejam do povo e para o povo" agora "há uma investida contra todos os processos progressistas".

Sobre o encontro com Evo Morales frisou que conversaram "sobre a cooperação no campo militar, a nova doutrina antiamericana das forças armadas" dos dois países.

"Vamos juntar experiências para continuar a fortalecer a coluna vertebral dos processos de independência", frisou.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.