sicnot

Perfil

Mundo

Placebo faz correr mais depressa

Poderá uma cápsula com água salgada fazer uma pessoa correr mais depressa? A resposta parece ser sim, se a pessoa acreditar que a água salgada contém mais alguma coisa que a faça correr mais, revela um novo estudo sobre o poder dos placebos na atividade física.

© Tobias Schwarz / Reuters

É tudo uma questão de mentalização, de acreditar que se pode ir mais longe. A conclusão é de uma investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Glasgow.

Foram recrutados 15 homens que não corriam profissionalmente dizendo-lhe que seria neles testada uma fórmula nova e legal de eritropoietina, ou E.P.O., uma substância que aumenta o número de glóbulos vermelhos no organismo. É utilizada como doping em alguns desportos, já que um maior número de glóbulos vermelhos significa que mais oxigénio é transportado para os músculos, logo, o desempenho melhora.

Esta "droga" era, no entanto, uma solução salina que foi injectada em cerca de metade do grupo. No final, a maioria dos homens que tomou a "droga" afirmou que tinha sentido que os exercícios físicos tinham sido mais fáceis e que tinha sido mais fácil a recuperação.

A droga falsa teve um "efeito de melhoramento do desempenho muito significativo", afirma o líder da equipa, o fisiologista Ramzy Ross.

  • As primeiras reações à morte de Chester Bennington

    Cultura

    Chester Bennington, vocalista da banda de metal alternativo Linkin Park, morreu esta quinta-feira em casa em Palos Verdes Estates, no estado da Califórnia, nos EUA. Várias celebridades já reagiram à morte do músico de 41 anos. Segundo o TMZ, o cantor da banda norte-americana suicidou-se.

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional

    Mundo

    A antiga estrela de futebol americano O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional, depois de ter cumprido nove anos de prisão num estabelecimento prisional do estado do Nevada, nos Estados Unidos.

  • Filho do leão Cecil também foi abatido por um caçador

    Mundo

    Xanda pode ter tido o mesmo fim que o seu pai, o leão Cecil, que em 2015 foi abatido por um caçador, no Zimbabué. Na altura, a morte de Cecil tomou proporções inéditas, chegando uma imagem do leão a ser projetada na fachada do Empire State Building. Agora, Xanda terá sido abatido a tiro por um caçador de troféus.