sicnot

Perfil

Mundo

Salário e política influenciam perceção do clima

A forma como percepcionamos o clima é condicionada pelo nosso salário e pelo nosso credo político. É a conclusão de um estudo publicado na revista Environmental Sociology.

Reuters

O estudo incidiu na forma como os residentes das regiões costeiras dos Estados Unidos se sentiram afetados pelas condições adversas do clima, nos últimos cinco anos.

Os democratas, jovens e com maior nível de educação tiveram maior perceção do clima adverso do que os republicanos, conclui a investigação, que vai ao encontro de um outro estudo anterior segundo o qual os republicanos têm maior dificuldade em aceitar as alterações climáticas por não se "encaixarem" nas suas crenças ideológicas.

Por outro lado, sugere o estudo liderado por Matthew J. Culter, as pessoas com menor salário têm mais propensão a afirmar que a sua área é ou foi palco de condições climatéricas severas, que as que auferem maior rendimentos. Cutler explica que tal se deve ao facto das comunidades menos favorecidas estarem mais vulneráveis aos efeitos do clima adverso e terem menos recursos na recuperação dos danos. O que poderá, assim, parecer um incidente menor aos olhos dos mais beneficiados pode ser devastador para os mais desfavorecidos.

O investigador conclui, assim, que o que aparentemente é objetivo - como o clima - não é percecionado de forma igual por todos.

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Mortágua acusa PSD de andar a brincar com a vida das pessoas
    0:47

    Opinião

    No Esquerda/Direita da SIC Notícias, António Leitão Amaro reafirmou ontem à noite que o PSD não é contra o aumento do salário mínimo mas contra a descida da TSU. Já Mariana Mortágua acusou os sociais-democratas de andar a brincar com a vida dos portugueses.

  • Pelo menos 30 mortos e 75 feridos em incêndio e derrocada de edifício em Teerão

    Mundo

    Pelo menos 30 bombeiros morreram esta quinta-feira e cerca de 75 pessoas ficaram feridas em Teerão, quando um edifício de 17 andares ruiu depois de ser consumido pelas chamas, noticiaram os meios de comunicação estatais iranianos. O edifício "Plasco" situa-se no centro da capital iraniana, a norte da zona do mercado.

    Em desenvolvimento

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.