sicnot

Perfil

Mundo

Salário e política influenciam perceção do clima

A forma como percepcionamos o clima é condicionada pelo nosso salário e pelo nosso credo político. É a conclusão de um estudo publicado na revista Environmental Sociology.

Reuters

O estudo incidiu na forma como os residentes das regiões costeiras dos Estados Unidos se sentiram afetados pelas condições adversas do clima, nos últimos cinco anos.

Os democratas, jovens e com maior nível de educação tiveram maior perceção do clima adverso do que os republicanos, conclui a investigação, que vai ao encontro de um outro estudo anterior segundo o qual os republicanos têm maior dificuldade em aceitar as alterações climáticas por não se "encaixarem" nas suas crenças ideológicas.

Por outro lado, sugere o estudo liderado por Matthew J. Culter, as pessoas com menor salário têm mais propensão a afirmar que a sua área é ou foi palco de condições climatéricas severas, que as que auferem maior rendimentos. Cutler explica que tal se deve ao facto das comunidades menos favorecidas estarem mais vulneráveis aos efeitos do clima adverso e terem menos recursos na recuperação dos danos. O que poderá, assim, parecer um incidente menor aos olhos dos mais beneficiados pode ser devastador para os mais desfavorecidos.

O investigador conclui, assim, que o que aparentemente é objetivo - como o clima - não é percecionado de forma igual por todos.

  • Ex-observador de árbitros terá informado Benfica sobre notificação a Rui Vitória
    1:57

    Desporto

    Novas revelações no caso dos e-mails, que envolve o Benfica, surgiram esta terça-feira. No Porto Canal, o diretor de comunicação do FC Porto revelou um e-mail onde um funcionário judicial e ex-observador de árbitros da Primeira Liga informa o Benfica sobre uma notificação ao treinador Rui Vitória. O e-mail foi alegadamente enviado para Paulo Gonçalves, assessor da SAD encarnada.

  • Acidente durante funeral em Miranda do Corvo causa 12 feridos
    2:39

    País

    Um acidente na zona de Miranda do Corvo fez esta terça-feira 12 feridos, um em estado grave. Foi durante um funeral, quando falharam os travões a um dos carros que seguia no cortejo, como explicou, em direto do local, o repórter Miguel Ângelo Marques.

  • Instalações militares vão ter reforço de segurança
    0:52

    Assalto em Tancos

    Depois do caso do roubo de material em Tancos, várias instalações militares vão sofrer um reforço de segurança do material que armazenam. As conclusões sobre o furto dos paióis de Tancos serviram de base às medidas anunciadas esta terça-feira pelo Ministério da Defesa. 

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Os elevadores do futuro
    7:13
  • Demências afetam 50 milhões de pessoas
    2:23

    Mundo

    Cinquenta milhões de pessoas em todo o mundo e mais de 150 mil em Portugal sofrem de demências como o Alzheimer ou o Parkinson. Oitenta especialistas de 21 países reúnem-se esta semana na Fundação Champalimau, em Lisboa, para falar deste tipo de epidemia silenciosa.

  • Maria deixa 25 mil pessoas sem eletricidade em Guadalupe
    2:24
  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC