sicnot

Perfil

Mundo

Três explosões na cidade nigeriana de Maiduguri provocaram várias mortes

Três explosões atingiram esta terça-feira a cidade de Maiduguri, no nordeste da Nigéria, causando várias mortes, segundo relatos de moradores e da Cruz Vermelha citados pela agência de notícias francesa.

As explosões ocorreram no distrito de Ajilari Cruz, que foi alvo de dois ataques semelhantes nas últimas semanas e que fizeram pelo menos 117 mortos. (Arquivo)

As explosões ocorreram no distrito de Ajilari Cruz, que foi alvo de dois ataques semelhantes nas últimas semanas e que fizeram pelo menos 117 mortos. (Arquivo)

© Stringer . / Reuters

As explosões ocorreram no distrito de Ajilari Cruz, que foi alvo de dois ataques semelhantes nas últimas semanas e que fizeram pelo menos 117 mortos.

Estes ataques foram atribuídos ao grupo islâmico Boko Haram, que tem intensificado a sua atuação contra alvos civis nos últimos meses usando homens-bomba e explosivos improvisados.

Ainda não é conhecida a origem das três explosões, que ocorreram às 20:10 locais (19:10 em Lisboa), contou à agência de notícias France Press um morador do bairro, Mohammed Bashir.

Já um funcionário da Cruz Vermelha acrescentou que "muitas pessoas foram mortas", sem conseguir avançar com um número.

Até ao momento, nem a polícia nem o exérito fez comentários, sendo por isso escassas as informações do que se passa na cidade, que está sujeita a um recolher obrigatório.

O Boko Haram é acusado de ser responsável pela morte de mais de 17 mil pessoas e mais de 2,5 milhões de deslocados desde 2009.

Desde o início do mandato do novo Presidente Muhammadu Buhari, a 29 de maio, o Boko Haram foi considerado responsável pela morte de mais de 1.320 pessoas.

Lusa

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagas as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Presidente da Câmara de Nova Iorque confirma "atentado terrorista falhado"
    0:29
  • Israel volta a bombardear posições do Hamas em Gaza

    Mundo

    O exército israelita voltou a bombardear esta segunda-feira posições do movimento Hamas na Faixa de Gaza em resposta ao lançamento de projéteis em direção a Israel pelas milícias palestinianas, informou um comunicado militar.

  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.