sicnot

Perfil

Mundo

Governo de Myanmar assina acordo com rebeldes a poucas semanas das legislativas

Governo de Myanmar assina acordo com rebeldes a poucas semanas das legislativas

O Governo de Myanmar assinou hoje um acordo de cessar fogo com oito dos 15 principais grupos rebeldes. É o culminar de mais de dois anos de negociações. O objetivo é terminar com os conflitos étnicos na antiga Birmânia e dar início a um processo de diálogo. O acordo foi assinado a menos de um mês para as eleições legislativas no país. As oito guerrilhas saíram da lista de organizações ilegais e terroristas.

Os sete grupos que ficaram de fora acabaram por não subscrever o acordo, já que o governo se recusou a incluir nas negociações mais de uma dezena de outros grupos armados. O presidente de Myanmar diz que este é um dia histórico para o país.

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • "Foi um golpe muito forte"
    1:41
  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • SIC acompanhou Francisco George no último dia como diretor-geral da Saúde
    6:20