sicnot

Perfil

Mundo

Lula da Silva presta depoimento voluntário ao Ministério Público Federal brasileiro

O ex-Presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva depôs hoje voluntariamente no Ministério Público Federal brasileiro, no Distrito Federal, sobre o inquérito que investiga suposto tráfico de influência em viagens ao estrangeiro.

© Marcos Brindicci / Reuters

Lula da Silva esteve com o Procurador da República Ivan Cláudio Marx e argumentou que "os Presidentes e ex-Presidentes do mundo inteiro defendem as empresas de seus países no exterior. Afirmou também que para ele isso é motivo de orgulho", divulgou o Instituto Lula, em nota.

O ex-Presidente brasileiro é investigado desde julho por supostamente favorecer a construtora Odebrecht na obtenção de contratos durante viagens para África e América Latina, entre 2011 e 2014, quando já não era chefe de Governo.

Lula da Silva também afirmou ao procurador que "todas as suas palestras feitas estão declaradas e contabilizadas, com os devidos impostos pagos, e que jamais interferiu na autonomia do BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social] e nas decisões do banco sobre concessões de empréstimos", citado pelo instituto.

Ainda de acordo com a nota, o ex-Presidente político disse que "sempre procurou ampliar as oportunidades de divulgação de companhias no exterior, com vistas à geração de empregos e divisas para o Brasil" e que "quem desconfia do BNDES não tem noção da seriedade da instituição".

Há uma comissão parlamentar de inquérito no Legislativo brasileiro que investiga os empréstimos do BNDES a empresas.

Lula da Silva poderá voltar a dar explicações ao Ministério Público Federal voluntariamente ou caso convocado.

O ex-Presidente também deverá ser ouvido pela Polícia Federal brasileira sobre os casos de corrupção na Petrobras que envolvem empresários e políticos, inclusive seu antigo ministro da Casa Civil, José Dirceu, que já foi condenado no julgamento do chamado caso Mensalão, o escândalo de compra de votos de parlamentares.

Lusa

  • Portugal vai fechar fronteiras durante a visita do Papa

    País

    O Conselho de Ministros aprovou hoje a reposição temporária do controlo de fronteiras durante a visita do papa Francisco em maio a Fátima. A reposição do controlo de fronteiras decorrerá entre 00:00 de 10 de maio e as 00:00 de 14 de maio.

  • Descoberta nova espécie de tiranossauro

    Mundo

    Uma nova espécie de dinossauros predadores, um tiranossauro com uma forma incomum de evolução, foi descoberta por uma equipa internacional de cientistas, segundo um artigo científico hoje publicado pela revista Nature.

  • Juncker reprova com ironia apoio de Trump

    Brexit

    O Presidente da Comissão Europeia disse hoje com ironia que promoverá a independência do Ohio ou de Austin, no Texas, em relação aos Estados Unidos se o presidente Donald Trump continuar a incitar países europeu a seguirem o Brexit.

  • "Civis devem ser prioridade absoluta no Iraque", diz Guterres

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, chegou hoje ao Iraque para abordar a situação da ajuda humanitária, e pediu que a proteção dos civis seja a "prioridade absoluta" à medida que as forças iraquianas batalham para retomar Mossul.

  • Fomos conhecer o novo Samsung S8
    1:42