sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 100 detidos em tentativa de "cercar" cimeira da UE

Cerca de 600 pessoas tentaram esta quinta-feira "cercar" a cimeira da UE em Bruxelas em protesto ao projeto de acordo de livre-comércio (TTIP), em discussão entre a União Europeia e os Estados Unidos, registando-se 100 detenções.

"O objetivo era de bloquear e impedir a entrada dos dirigentes europeus na cimeira", referiu o porta-voz da polícia.

"O objetivo era de bloquear e impedir a entrada dos dirigentes europeus na cimeira", referiu o porta-voz da polícia.

Valentin Bianchi / AP

Em resposta ao apelo de associações, sindicatos e partidos políticos, os manifestantes juntaram-se no bairro das instituições europeias de Bruxelas a cerca de 120 membros da chamada "euro-marcha", com representantes de partidos de Espanha, França, Itália e da Grécia.

Após diversas atuações musicais e discursos, sob chuva glacial, os presentes distribuíram-se por grupos junto aos edifícios da Comissão, do Parlamento e do Conselho europeus, onde os 28 estão reunidos em cimeira para discutir a crise migratória na Europa.

Foram bloqueados diversos eixos rodoviários no bairro Schuman, para onde foi deslocado um importante contingente policial devido à presença dos dirigentes europeus.

A polícia efetuou "detenções administrativas", designadamente de militantes espanhóis, segundo a agência noticiosa Belga, que se referiu a "violências" entre os manifestantes e a polícia. Uma pessoa na posse de uma faca será presente em tribunal.

"O objetivo era de bloquear e impedir a entrada dos dirigentes europeus na cimeira", referiu o porta-voz da polícia, Christian De Coninck. Em princípio, os detidos administrativamente são libertados ao fim de algumas horas.

De acordo com a eurodeputada espanhola Marina Albiol, presente no protesto, os manifestantes detidos foram manietados pela polícia e permaneceram "duas horas" no chão, com as mãos presas pelas costas, e três pessoas foram hospitalizadas, duas por hipotermia e outra por epilepsia.

O jornal digital espanhol Publico.es referiu que três deputados regionais do partido da esquerda radical espanhola Podemos estão entre os detidos.

Encorajados pelo sucesso da manifestação que juntou entre 100 mil e 250 mil pessoas em Berlim em 10 de outubro contra os projetos de livre-comércio UE-EUA-Canadá, os organizadores denunciam a ausência de transparência das negociações em curso.

Os protestos denunciam o Acordo de Parceria Transatlântica de Comércio e Investimento (TTIP) UE-EUA, cuja próxima ronda de conversações deverá decorrer no final de outubro em Miami (Flórida, Estados Unidos), e destinado a suprimir as barreias alfandegárias e regulamentares entre os EUA e a Europa, à semelhança do acordo similar que está a ser discutido com o Canadá.

Os opositores destes tratados receiam que, caso sejam ratificados, impliquem uma desregulamentação generalizada e um recuo do campo de ação dos governos em benefício das grandes empresas transnacionais.

Lusa

  • "Às vezes o senhor primeiro-ministro irrita-me um bocadinho"
    2:05

    País

    O Presidente da República disse esta quinta-feira de manhã que António Costa é "irritantemente otimista" por teimar em "ver violeta-rosa onde há roxo". Marcelo Rebelo de Sousa recordou ainda Mário Soares numa aula no Colégio Moderno, em Lisboa.

  • Montenegro nunca será candidato contra Passos
    0:50
  • Cientistas testam útero artificial em cordeiros prematuros

    Mundo

    Um grupo de cientistas desenvolveu um útero artificial - o Biobag - que se assemelha a uma bolsa de plástico e que ajuda no desenvolvimento de cordeiros prematuros. O método foi testado nestes animais mas os cientistas do Hospital Pediátrico de Filadélfia, nos Estados Unidos, garantem que poderá vir a ser utilizado também em bebés que nascem prematuros.

  • Exame ao sangue descobre cancro um ano antes do reaparecimento

    Mundo

    Uma equipa de investigadores britânicos descobriu uma maneira de identificar o regresso do cancro, com um ano de antecedência. Através de um exame ao sangue, a equipa conseguiu identificar os primeiros sinais da doença, uma série de células invisíveis ao raio-X e à TAC. A descoberta pode vir a permitir tratar o cancro mais cedo e, como resultado, poderá aumentar as chances de o curar.

  • Casados há 69 anos, morrem de mãos dadas com 40 minutos de diferença

    Mundo

    Isaac Vatkin, de 91 anos, morreu cerca de 40 minutos depois de Teresa, de 89 anos, no passado sábado no Highland Park Hospital, no estado norte-americano Ilinóis. "Não queríamos que fossem embora, mas não podíamos pedir que partíssem de melhor maneira", afirmou o neto William Vatkin. O casal morreu no hospital poucos dias depois de celebrarem 69 anos de casados.

  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.