sicnot

Perfil

Mundo

Pais acusados de matar filho de 19 anos em sessão espiritual nos EUA

Uma sessão de aconselhamento espiritual terminou em morte numa igreja do estado de Nova Iorque, esta semana, quando um adolescente foi espancado até à morte e o irmão ficou gravemente ferido.

A natureza dos alegados pecados não ficou clara, mas ambos os irmãos tinham nos corpos "traumas provocados por força bruta" devido à agressão de que foram alvo, de acordo com a polícia. (Arquivo)

A natureza dos alegados pecados não ficou clara, mas ambos os irmãos tinham nos corpos "traumas provocados por força bruta" devido à agressão de que foram alvo, de acordo com a polícia. (Arquivo)

© Mike Blake / Reuters

Os pais dos rapazes, Bruce e Deborah Leonard -- de 65 e 59 anos -- foram detidos e enfrentam ambos acusações de homicídio involuntário em primeiro grau, indicou o departamento da polícia de New Hartford.

Outros quatro membros da autodenominada 'Word of Life Church' (Igreja da Palavra da Vida) também foram detidos e acusados de agressão de segundo grau.

"Os dois irmãos foram sujeitos de forma continuada a castigos físicos ao longo de várias horas, esperando-se que assim cada um deles confessasse pecados e pedisse perdão", disse o chefe da polícia, Michael Inserra, na quarta-feira.

A natureza dos alegados pecados não ficou clara, mas ambos os irmãos tinham nos corpos "traumas provocados por força bruta" devido à agressão de que foram alvo, de acordo com a polícia.

Lucas Leonard, de 19 anos, foi declarado morto num hospital na segunda-feira, depois de ter sido para ali transportado por membros do culto.

Horas depois, o seu irmão Christopher, de 17 anos, foi encontrado na igreja.

O irmão mais novo está agora a receber tratamento hospitalar para os ferimentos e encontra-se em "estado grave", segundo a polícia.

"Levámos horas a encontrar Christopher. Os familiares, para ser franco, mostraram-se relutantes em partilhar a informação" do seu paradeiro, disse Inserra.

São esperadas mais detenções no âmbito deste caso.

"Não estamos a dizer que eles tinham a intenção de matar o filho", afirmou o delegado do ministério público do condado de Oneida, Scott McNamara, em conferência de imprensa.

"Estamos apenas a sustentar que eles estavam a tentar ferir gravemente o seu filho e ele acabou por morrer desses ferimentos".

Vizinhos declararam ao site Syracuse.com que a igreja era "uma seita" e que os seus membros eram frequentemente ouvidos a entoar cânticos a meio da noite dentro do edifício que outrora albergou uma escola.

Lusa

  • "Temos de jogar melhor do que frente à Espanha"
    0:45
  • Ronaldo é o jogador que mais preocupa os marroquinos
    2:35
  • Recorda-se de Tahar? O ex-futebolista marroquino que já jogou em Portugal
    6:10
  • "Somos 11 milhões, queremos ser campeões e as russas são grandes canhões"
    3:54
  • Denis Cheryshev: o orgulho dos anfitriões

    Mundial 2018 / Rússia

    O avançado Denis Cheryshev foi eleito o Homem do Jogo entre Rússia e Egito, que os russos venceram por 3-1. Marcou o segundo golo dos anfitriões, o terceiro em nome próprio no Mundial e juntou-se a Cristiano Ronaldo no topo da lista de melhores marcadores. Aos 27 anos e a jogar o primeiro Mundial da carreira, Cheryshev continua a assumir-se como um dos principais rostos da esperança russa para o sucesso desta campanha. Depois de já ter sido o melhor em campo no triunfo sobre a Arábia Saudita, a nação anfitriã vê-o como uma espécie de porta-estandarte do orgulho russo na defesa da pátria.

  • Gato Achilles acerta no resultado do Rússia-Egito

    Desporto

    O gato Achilles é o adivinho dos jogos do Mundial na Rússia. Depois de ter acertado na vitória da Rússia frente à Arábia Saudita, o felino voltou a apostar na equipa certa, com os russos a vencerem esta terça-feira o Egipto por 3-1.

  • Os momentos que marcaram o 6.º dia de Mundial
    0:58
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O espetáculo fora das quatro linhas
    2:30
  • "Quando o Cristiano Ronaldo te convidar para almoçar, recusa"

    Desporto

    Na possibilidade de ser convidado por Cristiano Ronaldo para um almoço ou jantar, recuse. Este é o conselho de Patrice Evra, que revelou o "sofrimento" que passou quando aceitou almoçar em casa do capitão da seleção nacional, na altura em que ambos jogavam pelo Manchester United. O jogador francês falou sobre a comida "demasiado saudável" e o exercício que acabou por ter de fazer, enquanto podia estar a descansar.

    SIC

  • "Quero ir com a minha tia", o desespero das crianças afastadas dos pais nos EUA
    2:11

    Mundo

    A nova política de imigração de Donald Trump está a suscitar reações indignadas. Na fronteira com o México, as crianças refugiadas estão a ser retiradas à força aos pais e levadas para centros de acolhimento. Esta terça-feira, foi divulgado um registo áudio de uma criança a suplicar pelos pais a um dos agentes da polícia fronteiriça.

  • Protecionismo de Trump abala Wall Street

    Economia

    Abalada pela exacerbação das disputas comerciais entre os EUA e a China, a bolsa nova-iorquina encerrou esta terça-feira em baixa, com o seletivo Dow Jones a fechar em queda pela sexta sessão consecutiva.