sicnot

Perfil

Mundo

Conselho de Segurança da ONU reúne hoje de emergência devido a violência em Jerusalém

O Conselho de Segurança da ONU vai realizar hoje uma reunião de emergência para discutir o aumento da violência em Israel e nos territórios palestinianos ocupados.

© Mike Segar / Reuters

Os diplomatas dos países do grupo árabe nas Nações Unidas mantiveram um encontro na tarde de quinta-feira sobre o assunto, durante a qual encarregaram a Jordânia de contactar a presidência espanhola do Conselho de Segurança a fim de organizar esta reunião, disse aos jornalistas o embaixador palestiniano na ONU, Riyad Mansur.

A reunião do Conselho de Segurança da ONU está marcada para as 11:00 (16:00 em Lisboa).

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, tem apelado repetidamente à calma após semanas marcadas por atos de violência que resultaram em pelo menos 30 mortos.

"A situação é explosiva, o Conselho deve assumir a sua responsabilidade e devemos fazer tudo para travar o derramamento de sangue e, em seguida, discutir como proteger a população civil dos territórios palestinianos", sublinhou o diplomata.

A onda de violência em Israel e nos territórios palestinianos nas últimas duas semanas tem feito aumentar o receio de um terceiro levantamento popular palestiniano, depois dos de 1987-1993 e 2000-2005, que causaram milhares de mortos.

Lusa

  • "A experiência do meu Governo termina aqui"
    0:36
  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.