sicnot

Perfil

Mundo

Croácia redireciona migrantes para Eslovénia com encerramento fronteira húngara

O ministro do Interior croata, Ranko Ostojic, disse hoje que vai redirecionar os migrantes que transitam pelo país para a Eslovénia, depois de a Hungria anunciar o encerramento da fronteira com a Croácia.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

© Laszlo Balogh / Reuters

"Nós vamos redirecionar o corredor (para migrantes) para a Eslovénia", disse Ranko Ostojic aos jornalistas.

A Hungria vai encerrar a fronteira com a Croácia às 00:00 locais (23:00 em Lisboa), um mês depois de ter feito o mesmo com a Sérvia.

A decisão foi anunciada um dia depois da conclusão de uma nova vedação anti-migrantes.

As autoridades croatas já tinham anunciado ter um plano para redirecionar o fluxo de migrantes que tentam alcançar a Europa Ocidental.

Segundo o porta-voz do Governo croata, Nikola Jelic, o plano foi acordado com a Eslovénia.

Mais de 170.000 migrantes entraram na Hungria através da Croácia desde 15 de setembro, quando Budapeste encerrou a fronteira com a Sérvia.

Desde então, Zagreb e Budapeste têm colaborado para garantir o trânsito de milhares de migrantes diariamente.

A Eslovénia afirmou hoje estar preparada para o trânsito de migrantes através do seu território.

Lusa

  • Bruxelas aguarda relatório completo para analisar pesca da sardinha
    1:29
  • Madonna está outra vez em Lisboa 😲
    0:59
  • Novas regras para compra e venda de animais
    2:04

    País

    Foi aprovado o projeto de lei do PAN que regula transações de animais de companhia. O diploma proíbe, ainda, a publicidade e a venda online de animais selvagens. As multas para o incumprimento da legislação poderão ir dos 200 aos 3.740 euros.

  • Assédio proibido por lei
    1:40

    País

    Ser assediado no emprego é agora proibido por lei e passa a dar direito a indemnização. É o que prevê o diploma aprovado ontem no Parlamento, com as abstenções do PSD e do CDS.

  • Portugal com 3.ª maior dívida pública da UE

    Economia

    A dívida pública recuou, em termos homólogos, na zona euro e na União Europeia (UE), no primeiro trimestre, tendo Portugal registado a terceira maior dos 28 (130,5%), depois da Grécia e de Itália, divulga hoje o Eurostat.

  • Montenegro e o futuro do PSD: "Não vou pedir licença para avançar"
    1:41

    País

    Luís Montenegro admite que se achar que é a pessoa ideal para a liderança do PSD, não vai pedir licença a ninguém para avançar. Em entrevista à SIC Notícias, o ex-líder parlamentar do PSD diz que está ao lado de Passos Coelho mas sublinha que é importante que haja uma clarificação na liderança do partido.

    Entrevista SIC Notícias