sicnot

Perfil

Mundo

Norte das Filipinas em alerta devido à aproximação de tufão Koppu

Dezanove províncias do norte das Filipinas estão em alerta devido à aproximação do tufão Koppu, que se intensificou nas últimas horas e ameaça atingir a região nos próximos dias, informaram hoje fontes oficiais.

© Romeo Ranoco / Reuters

Segundo o mais recente relatório da Agência Meteorológica das Filipinas (PAGASA), o Koppu, acompanhado de ventos sustentados de 130 quilómetros por hora e rajadas de até 160, encontra-se a cerca de 585 quilómetros da localidade de Baler, na costa nordeste das Filipinas.

A tempestade -- chamada "Lando" localmente -- move-se a uma velocidade de 15 quilómetros por hora em direção a oeste, pelo que se espera que atinja Casiguran, a aproximadamente 200 quilómetros a nordeste de Manial, na tarde do próximo domingo.

As Filipinas são atingidas anualmente por 15 a 20 tufões durante a época de monções, que começa, regra geral, em junho e termina em novembro.

Em novembro de 2013, o Haiyan, um dos mais potentes tufões da história, causou 6.300 mortos, mais de 1.000 desaparecidos e 14 milhões de afetados.

Lusa

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.