sicnot

Perfil

Mundo

Migrantes não param de chegar a Calais, França

O número de migrantes em Calais duplicou. São agora seis mil os que vivem na costa norte francesa e que querem chegar a Inglaterra.

© Philippe Wojazer / Reuters

Os números foram divulgados esta sexta-feira pelas autoridades francesas que registaram um aumento significativo nas últimas semanas.

Muitos dos migrantes que não conseguem passar o canal da Mancha têm se instalado naquela região que, desde o início do ano, já recebeu mais de dois mil pedidos de asilo.

Muitos destes migrantes são considerados refugiados de guerra e tentam diariamente atravessar a fronteira de forma clandestina em camiões.


De acordo com a agência de fronteiras, só este ano 710 mil migrantes entraram na União Europeia de forma ilegal. Só no mês de setembro foram 170 mil.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".