sicnot

Perfil

Mundo

Polícia abre investigação preliminar à campanha de reeleição de Dilma Rousseff

A Polícia Federal abriu uma investigação preliminar para verificar supostas irregularidades na campanha eleitoral que culminou, em outubro de 2014, com a reeleição da Presidente brasileira, Dilma Rousseff, informou, esta sexta-feira, a rede de televisão Globo.

© John Vizcaino / Reuters


A investigação foi aberta a 07 de outubro pela Polícia Federal por decisão do magistrado Gilmar Mendes, um dos membros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), segundo fontes policiais contactadas pela Globo.

O objetivo é determinar se Rousseff e o seu vice-presidente, Michel Temer, incorreram em abuso de poder para obter a reeleição e se a campanha eleitoral foi financiada com recursos desviados da petrolífera estatal Petrobras.

As contas, que relacionam receitas e despesas de campanha, foram aprovadas com ressalvas em dezembro do ano passado, mas, em agosto último, Mendes pediu à Procuradoria-Geral da República e à Polícia Federal, nova investigação para esclarecer se a campanha eleitoral de Rousseff beneficiou de dinheiro procedente da teia de corrupção que desviou cerca de 2.000 milhões de dólares da Petrobras.

O juiz citou uma declaração de um empresário preso pelo seu envolvimento na corrupção na Petrobras, que colabora com a investigação em troca de uma redução da pena, e que afirmou ter doado 7,5 milhões de reais (1,9 milhões de dólares) para a campanha eleitoral de Dilma Rousseff procedentes dos desvios.

O magistrado também pediu que sejam investigadas eventuais irregularidades nos pagamentos a uma empresa que recebeu aproximadamente 444.400 dólares da campanha eleitoral de Dilma que havia sido criada apenas dois meses antes de ser contratada e que não explicou na documentação os serviços prestados.

Rousseff, cuja popularidade atinge mínimos históricos, enfrenta uma grave crise política, que se agudizou com o gigantesco escândalo de corrupção na petrolífera estatal brasileira.

Lusa

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efetivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21
  • Antigos quadros da Facebook declaram-se preocupados com efeitos da rede social

    Mundo

    Alguns dos antigos quadros da empresa Facebook estão a começar a exprimir sérias dúvidas sobre a rede social que ajudaram a criar, foi noticiado. A Facebook explora "uma vulnerabilidade na psicologia humana" para criar dependência entre os seus utilizadores, afirmou o primeiro presidente da empresa, Sean Parker, num fórum público.