sicnot

Perfil

Mundo

Balanço de mortos pela passagem do tufão Koppu pelas Filipinas sobe para 16

O tufão Koppu enfraqueceu mas continua hoje a provocar fortes chuvadas nas Filipinas, inundando dezenas de aldeias e fazendo subir o balanço de mortos para 16.

Reuters

O tufão, que tocou terra no domingo na costa oriental de Luzon, principal ilha das Filipinas, já forçou mais de 60.000 pessoas a abandonarem as suas casas, segundo as autoridades.

Embora enfraquecido, o tufão provocou chuvas torrenciais sobre três cadeias montanhosas, inundando vastas planícies a norte de Manila.

"A água sobe rapidamente e há pessoas nos telhados", disse o diretor-adjunto da proteção civil regional, Nigel Lontoc, à agência France Presse.

Em Santa Rosa, localidade a duas horas de automóvel da capital, são visíveis na beira da estrada dezenas de animais mortos - búfalos, porcos, cães e cabras -, móveis e eletrodomésticos arrastados pelas águas, segundo a agência.

As rajadas de vento provocadas pelo tufão, que inicialmente atingiram os 210Km/hora, diminuíram hoje para 150Km/hora, mas a chuva intensa mantém-se e, segundo os meteorologistas, o tufão só deverá deixar de afetar o território filipino na quarta-feira.

O balanço oficial de vítimas mortais é de 16 pessoas, sete delas mortas no naufrágio de um 'ferry', mas deverá aumentar à medida que forem chegando informações de algumas das aldeias mais afetadas.

As Filipinas são frequentemente afetadas por intempéries, registando em média a passagem de vinte tufões por ano.

  • Ronaldo terá colocado milhões de euros nas Ilhas Virgens britânicas
    4:15

    Desporto

    José Mourinho e Cristiano Ronaldo são apenas dois dos nomes da maior fuga de informação na história do desporto. A plataforma informática Football Leaks forneceu milhões de documentos à revista alemã Der Spiegel, entre os quais documentos que indicam que o capitão da seleção nacional terá colocado milhões de euros da publicidade nas Ilhas Virgens britânicas. Os dados foram analisados por um consórcio de 60 jornalistas, do qual o Expresso faz parte, numa investigação que pode ler este sábado no semanário.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.