sicnot

Perfil

Mundo

Ban Ki-moon diz que "não existe plano B nem planeta B" e apela para acordo mundial sobre clima

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, apelou hoje à comunidade internacional para negociar um acordo mundial sobre o clima e preveniu que não existe "nem um plano B, nem um planeta B" para escapar ao aquecimento climatérico global.

Reuters/Arquivo

Reuters/Arquivo

© Mike Segar / Reuters

As negociações sobre o clima foram até ao momento "lentas e frustrantes" porque "os negociadores partem de perspetivas nacionais muito estreitas", disse Ban Ki-moon a jornalistas em Bratislava.

"Não temos qualquer plano B porque não temos nenhum planeta B", insistiu após um encontro com Miroslav Lajack, ministro eslovaco dos Negócios Estrangeiros e europeus.

Entre 30 de novembro e 11 de dezembro, quando se vai realizar a 21.ª conferência mundial sobre o clima sob a égide da ONU, são esperados em Paris representantes de 195 países para negociar um acordo mundial destinado a travar o aquecimento climático do planeta.

"Paris não é o ponto de chegada mas deveria assinalar uma viragem nos nossos esforços para abordar as alterações climáticas", sublinhou Ban Ki-moon, que se declarou "moderadamente otimista" sobre o sucesso das negociações.

Na manhã de hoje, o Presidente francês François Hollande vaticinou que haverá um acordo em Paris, mas sem precisar qual a sua dimensão.

Lusa

  • Greve deixou milhares de alunos sem aulas
    2:40
  • O "chega p'ra lá" de Trump
    2:35
  • Bernardo Silva no City? O que Pep Guardiola disse ao português na Champions
    0:34
  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28
  • Álcool é "de longe" a droga mais consumida pelos portugueses

    País

    O álcool é, "de longe", a substância mais consumida pelos portugueses que responderam ao maior inquérito `online` sobre consumo de drogas, com mais de 14% dos homens a descreveram padrões considerados problemáticos, segundo os resultados hoje divulgados.