sicnot

Perfil

Mundo

Israel prepara lei que permite prisão para crianças de 12 anos

A ministra da Justiça de Israel está a promover uma lei para permitir a prisão de crianças com 12 anos implicadas em "atos de terrorismo", segundo a edição eletrónica do Jerusalem Post, citado pela Efe.

A proposta da ministra da Justiça, Ayelet Shaked (na foto), acontece na semana seguinte ao caso em que um menor palestiniano de 12 anos terá participado com um primo, de 15 anos, no esfaqueamento de dois jovens israelitas

A proposta da ministra da Justiça, Ayelet Shaked (na foto), acontece na semana seguinte ao caso em que um menor palestiniano de 12 anos terá participado com um primo, de 15 anos, no esfaqueamento de dois jovens israelitas

© POOL New / Reuters

A proposta de Ayelet Shaked acontece na semana seguinte ao caso em que um menor palestiniano de 12 anos, Ahmed Manasra, participou com o seu primo Hasan, de 15 anos, no esfaqueamento de dois jovens israelitas, um de 13 e outro de 24 anos.

Hasan foi morto pelas forças de segurança israelitas, mas Ahmed ficou apenas ferido e foi detido.

De acordo com a atual legislação, Ahmed não cumprirá pena de prisão por ter apenas 12 anos, uma vez que só a partir dos 14 anos é que a lei israelita permite a prisão de menores, o que abriu o debate público sobre a situação deste jovem palestiniano.

O Governo israelita quer acelerar a aprovação da legislação para que Manasra, encaminhado para um hospital no seguimento das feridas, possa sair hoje do hospital e ir diretamente para a prisão.

Na nova onda de violência que trespassa a região, e que começou a 1 de outubro, já morreram oito israelitas e 42 palestinianos, metade deles atacantes, além de um árabe israelita, autor de um atentado em Bersheva, no sul de Israel, e um cidadão da Eritreia que foi morto por agentes que o confundiram com um atacante.

Lusa

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.