sicnot

Perfil

Mundo

Canadá anuncia a Obama fim de participação nos ataques aéreos no Iraque e na Síria

O futuro primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, informou hoje o Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que vai acabar com a participação canadiana nos ataques aéreos no Iraque e na Síria contra o grupo extremista Estado Islâmico.

© Chris Wattie / Reuters

"Falei com o Presidente Obama há cerca de uma hora", afirmou, em conferência de imprensa, o futuro chefe do Governo canadiano.

Apesar do Canadá se manter como um "forte membro da coligação contra o grupo extremista Estado Islâmico", Trudeau disse que explicou ao líder norte-americano os compromisso assumidos durante a campanha eleitoral sobre acabar com aquela missão de combate.

Justin Trudeau não avançou uma data para o fim da sua participação na coligação internacional.

O Canadá destacou o ano passado vários aviões de combate para aquela região até março de 2016, bem como 70 soldados das forças especiais para treinarem curdos no norte do Iraque.

Durante a campanha eleitoral, Trudeau comprometeu-se em trazer para casa os caças e acabar com a sua missão de combate.

Justin Trudeau é o novo primeiro-ministro do Canadá, depois de as eleições federais de segunda-feira terem dado a maioria absoluta ao Partido Liberal, após quase uma década de governo conservador.

Justin Trudeau, de 43 anos de idade, filho do antigo primeiro-ministro Pierre Trudeau (1968 a 1979), irá liderar o governo, depois de o seu partido ter conseguido a maioria absoluta na nova Câmara dos Comuns, com 338 assentos parlamentares

Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.