sicnot

Perfil

Mundo

Canadá "está de volta" à cena internacional, diz PM eleito

O futuro primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, grande vencedor das legislativas de segunda-feira, declarou hoje que o Canadá "está de volta" à cena internacional, após uma década de "ausência diplomática".

Reuters

Reuters

© Chris Wattie / Reuters

"Quero dizer aos amigos deste país em todo o mundo, muitos de entre vós se preocuparam por o Canadá ter perdido a sua compaixão e a sua voz construtiva no mundo durante os últimos dez anos. Tenho uma mensagem simples para vós, em nome dos 35 milhões de canadianos: estamos de volta!", declarou Trudeau, num encontro em Otava.

A Casa Branca anunciou hoje que o Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, espera fortalecer as relações com o Canadá após a vitória eleitoral do Partido Liberal por maioria absoluta, o que permitirá a Justin Trudeau dirigir o executivo canadiano nos próximos quatro anos.

Também o Presidente francês, François Hollande, felicitou hoje o futuro primeiro-ministro do Canadá, após a esmagadora vitória nas legislativas de segunda-feira no país, com o qual quer "aumentar mais ainda a cooperação bilateral".

"A conferência de Paris sobre o clima será uma ocasião preciosa para pôr rapidamente em prática esta vontade de agir em conjunto ao serviço da paz e do futuro do planeta", indicou a presidência francesa em comunicado.

Trudeau prometeu "fazer mais" contra o aquecimento global, depois de o Canadá ter abandonado em 2011, pela mão dos conservadores, o protocolo de Quioto, sendo regularmente criticado pela sua falta de empenhamento nessa matéria e pela exploração petrolífera das areias de alcatrão, que estão entre as formas mais poluentes de energia.

A França acolhe em dezembro a grande conferência internacional sobre o clima (COP21), cujo objetivo é alcançar um acordo que limite o aquecimento global a dois graus por comparação com a era pré-industrial.

Por sua vez, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, expressou hoje o desejo de que o futuro Governo canadiano desempenhe um papel determinante para garantir o êxito da conferência climática de Paris.

"O Canadá faz parte do Grupo dos Sete e, a esse título, tem um papel particular a desempenhar para dar um impulso às questões relacionadas com as alterações climáticas", declarou o porta-voz adjunto da ONU Farhan Haq.

Lusa

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.