sicnot

Perfil

Mundo

Tribunal brasileiro aprova extradição de mafioso para a Itália

O Supremo Tribunal Federal do Brasil aprovou hoje a extradição para Itália de Pasquale Scotti, membro de uma família mafiosa, que estava a monte há 24 anos e foi preso em maio em Recife, no nordeste do país.

© Handout . / Reuters

A decisão do tribunal, que deverá ser confirmada pela Presidente brasileira, Dilma Rousseff, depende do governo italiano comprometer-se em aplicar a Scotti uma pena de até 30 anos de prisão, o máximo que se aplica no código penal brasileiro, segundo o tribunal.

Scotti foi condenado à revelia na Itália a uma pena de prisão perpétua em 1991 pela sua participação em assassinatos cometidos entre 1982 e 1983, estando foragido da justiça italiana desde 1986.

O italiano vivia há anos no Recife, capital do estado de Pernambuco - sob o nome falso de Francisco de Castro Visconti - e tem dois filhos brasileiros.

Em sua defesa, Scotti alegou que é "perseguido político", que fugiu da Itália porque corria o risco de ser executado na prisão e, além disso, alegou motivos humanitários, já que se for extraditado não poderá participar da educação dos seus filhos, argumentos que foram rejeitados pelo tribunal brasileiro.

Lusa

  • Hoje joga Portugal (mas antes há um Uruguai-Rússia em direto na SIC)

    Mundial 2018 / O Mundial

    Começa a última jornada da fase de grupos do Mundial, com quatro jogos por dia. Às 15:00, numa partida transmitida em direto na SIC, a anfitriã Rússia e o Uruguai resolvem qual poderá ser o adversário de Portugal nos oitavos de final. Isto, dependendo claro da prestação da seleção nacional frente ao Irão, ao fim da tarde, uma vez que a qualificação não está garantida (e pode até depender do resultado do Espanha-Marrocos).

  • "É a primeira vez que vai ser testado o programa do Nuno Crato"
    0:57

    País

    Os alunos do 11º e 12º anos de escolaridade fazem hoje o exame de matemática, uma das provas mais importantes no acesso à universidade e para a conclusão do ensino obrigatório. No final do secundário, são quase 50 mil os alunos que hoje fazem a prova que acarreta algumas alterações instituídas ainda pelo ex-ministro Nuno Crato, como explicou à SIC Notícias o diretor do Liceu Camões, em Lisboa.

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes