sicnot

Perfil

Mundo

Deputados de oposição a Dilma entregam pedido de impugnação na Câmara

Deputados opositores ao Governo de Dilma Rousseff entregaram hoje um novo pedido de impugnação da Presidente ao presidente da Câmara do país que apesar de fazer parte de um partido da coligação no poder, se opõe à chefe do executivo.

Dilma Roussef, Presidente do Brasil.

Dilma Roussef, Presidente do Brasil.

© Lehtikuva Lehtikuva / Reuters

Este novo pedido é iniciativa de três juristas, entre eles Helio Bicudo, um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores (PT, de Rousseff e Lula da Silva) e é apoiado pelo principal partido de oposição, o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).

O novo pedido de "impeachment" considera que o Governo de Rousseff cometeu irregularidades fiscais no atual mandato, iniciado em janeiro deste ano.

A entrega do texto na Câmara presidida por Eduardo Cunha, estava prevista para a terça-feira, mas só ocorreu hoje.

A iniciativa faz referência a uma maquilhagem nas contas públicas de 2014, durante a campanha eleitoral, de forma a não prejudicar a imagem de Rousseff, e ao uso de empréstimos de bancos públicos para pagar benefícios sociais, o que não é permitido.

Eduardo Cunha recebeu o documento e adiantou que vai observar a legalidade do pedido, mencionado pela imprensa brasileira.

O Presidente da Câmara está a ser investigado por suspeita de ter recebido suborno sobre contratos da Petrobras, e pelo envio de dinheiro a contas na Suíça.

Após ter as contas de 2014 rejeitadas pelo Tribunal de Contas da União, órgão consultivo do Congresso, o Governo brasileiro afirmou que os empréstimos dos bancos públicos também foram feitos por presidentes anteriores, e que Rousseff só usou dessa manobra para manter os programas sociais.

A Presidente tem dito, assim como ministros do país, que o "impeachment" é uma tentativa da oposição de fazer um "golpe de Estado".

Para o processo de "impeachment" avançar no Congresso, deve ser aceite pelo presidente da Câmara dos Deputados, cargo atualmente exercido por Eduardo Cunha, do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), opositor de Rousseff apesar de o seu partido integrar a coligação governamental.

Em seguida, o pedido é analisado por uma comissão da Câmara que reúne deputados de diferentes partidos e, caso a decisão aprove o requerimento, o pedido passa para votação dos deputados, sendo necessária uma aprovação de dois terços (342 deputados) para o processo seguir.

O passo seguinte é a suspensão do Presidente do cargo e o julgamento no plenário do Senado, em caso de crime de responsabilidade, ou no Supremo Tribunal Federal, em caso de crime comum.

Caso o Presidente venha a perder o mandato, quem assume o cargo é o vice-Presidente, atualmente Michel Temer, do PMDB.

Lusa

  • "Só tive tempo de avisar o meu sogro e o meu marido e disse: corram!"
    2:17
  • Drone inglês evita execução do Daesh na Síria
    2:08

    Mundo

    A Força Aérea britânica divulgou esta terça-feira um vídeo que mostra um drone a parar uma execução pública que estaria prestes a acontecer às mãos do Daesh, na Síria. As imagens, apesar de cortadas pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, mostram várias pessoas na rua, uma explosão e, depois, a fuga.

  • "Atrás das Câmaras" em Fátima
    2:48
  • Como fazer negócios no mercado dos leilões
    7:15
  • PS quer reconquistar poder em Vila Viçosa
    2:06

    Autárquicas 2017

    Ana Catarina Mendes insistiu na ideia de que o PSD escolheu um modo perigoso de fazer campanha, ao insistir nas críticas à lei da imigração. Ana Catarina Mendes, secretária-geral adjunta do PS, esteve esta quarta-feira em campanha no distrito de Évora.

  • Troca de argumentos entre Medina e Cristas marca campanha em Lisboa
    2:34

    Autárquicas 2017

    Esta quarta-feira o dia de campanha em Lisboa ficou marcado por uma troca de argumentos entre Fernando Medina e Assunção Cristas. O atual presidente da Câmara acusa a candidata do CDS de não respeitar os lisboetas por admitir que pode não exercer o cargo de vereadora até ao fim do mandato. Já Assunção Cristas garante que se for eleita cumpre o mandato até ao fim.

  • "Não toleramos ameaças de ninguém"
    2:13
  • Número de tartarugas marinhas está a aumentar

    Mundo

    O número de tartarugas marinhas está a crescer, levando investigadores a considerar que os esforços para salvar estes animais são uma "história de sucesso da conservação global", indica um estudo divulgado esta quarta-feira.

  • Tubarões vivem mais tempo do que se pensava

    Mundo

    Uma revisão de dados sobre avaliação da idade dos tubarões revela que muitas espécies têm maior longevidade do que se pensava, o que poderá obrigar a uma revisão dos planos de conservação das mais ameaçadas.

  • Como mudar um templo com 135 anos e 2 mil toneladas... de lugar

    Mundo

    Um templo budista do século XIX é um dos mais populares em Xangai, na China. Visitado diariamente por milhares de pessoas, precisava de ser relocalizado para evitar que uma tragédia acontecesse. E mesmo pesando cerca de duas mil toneladas, a missão acabou por se provar possível.

  • Casal morre com horas de diferença depois de 75 anos de casamento

    Mundo

    George e Jean Spear morreram no passado dia 15 de setembro, no hospital de Queensway Carleton, em Ottawa (Canadá), depois de terem celebrado 75 anos de casamento em agosto. A britânica de 94 anos conheceu o candaniano em 1941, num salão de bailes, em Londres. George Spear servia as Forças Armadas durante a Segunda Guerra Mundial.

    SIC