sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos nove desaparecidos e dois feridos em explosão em central química chinesa

Pelo menos nove pessoas desapareceram e outras duas ficaram feridas depois de uma explosão numa central química na província chinesa de Shandong, informou hoje a emissora oficial CCTV.

Arquivo reuters

As causas da explosão são ainda desconhecidas, bem como quantas pessoas se encontravam dentro da fábrica, pelo que se estima que o número de vítimas possa vir a aumentar nas próximas horas.

A explosão em Shandong é a primeira desde que 164 pessoas morreram e 700 ficaram feridas quando um terminal de contentores explodiu no porto de Tianjin, em agosto.

O incidente voltou a gerar críticas ao Governo chinês devido às fracas medidas de segurança aplicadas ao setor industrial. Em resposta, Pequim ordenou revisões a todas as fábricas que trabalham com produtos perigosos ou inflamáveis.

Segundo as autoridades chinesas, todos os anos 70.000 pessoas morrem em acidentes industriais, apesar de especialistas alertarem para a possibilidade de o número real ser muito superior, já que há muitos acidentes ocultados ou não registados.

  • Admissão de efetivos nas Forças Armadas aquém do pedido pelas chefias
    1:42

    País

    O Ministério das Finanças autorizou a admissão de mais efetivos nas forças armadas, este ano mas a integração fica muito abaixo do número pedido pelas chefias militares. Mário Centeno só terá autorizado a integração de cerca de três mil militares em vez das cinco mil vagas propostas pelas chefias do Exército, Força Aérea e Marinha.

  • China prepara-se para inaugurar comboio mais rápido do mundo
    1:08