sicnot

Perfil

Mundo

Sismo de 5,5 em Fukushima sem causar danos na central nuclear

Um sismo de magnitude 5,5 atingiu hoje a região japonesa de Fukushima, onde fica a central nuclear de com o mesmo nome, que não sofreu danos. O sismo registou-se pelas 15:08 (07:08 e Lisboa), com o hipocentro a 30 quilómetros de profundidade, junto à costa de Fukushima, sem que tenha sido emitido alerta de tsunami, informou a Agência Meteorológica do Japão (JMA).

Reuters/ Arquivo

A empresa proprietária da central nuclear, a Tokyo Electric Power (TEPCO), não detetou até ao momento nenhuma anomalia nesta central, nem na vizinha Fukushima Daiini, disse à Efe um porta-voz da companhia.

O sismo sentiu-se em 17 das 47 prefeituras do Japão, segundo a JMA.

Fukushima foi uma das regiões mais afetadas pelo forte sismo de 9 graus na escala de Ritcher e tsunami de 11 de março de 2011, que devastou a costa nordeste e causou mais de 18.000 mortos e desaparecidos.

O sismo e tsunami causaram o pior acidente nuclear desde Chernobil em 1986.

Lusa

  • Obras no Miradouro de São de Pedro de Alcântara não foram a concurso
    2:50

    País

    As obras no Miradouro de São Pedro de Alcântara, em Lisboa, arrancaram esta segunda-feira. A intervenção foi adjudicada à construtora Teixeira Duarte sem concurso público. A autarquia justifica esta decisão com o caráter urgente da obra, argumento que não consta do relatório do Laboratório Nacional de Engenheria Civil, a que a SIC teve acesso.

  • Rajadas de vento em Moscovo atingem os 110 km/hora
    0:57

    Mundo

    A passagem de uma tempestade por Moscovo fez pelo menos 11 mortos e mais de 50 feridos. Os ventos fortes, que chegaram aos 110 km/hora, destruíram carros e telhados e provocaram atrasos nos transportes. Na região de Stavropol, mais de 60 mil pessoas foram retiradas de casa por perigo de cheias.