sicnot

Perfil

Mundo

Custo direto do crime na América Latina equivale a 3% do PIB

O custo direto do crime e da violência equivale a 3% do Produto Interno Bruto (PIB) da América Latina, segundo um estudo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) apresentado na quarta-feira em Quito.

© Oswaldo Rivas / Reuters

O relatório "Os custos do crime e da violência no bem-estar da América Latina e Caribe" assinala que a região é "excecionalmente violenta", já que alberga 9% da população mundial mas é palco de um terço dos homicídios que se registam no planeta.

O estudo foi apresentado durante a 7.ª Semana da Segurança dos Cidadãos, um evento organizado pelo Ministério do Interior do Equador e pelo BID, e que reúne altos representantes governamentais e académicos da região.

Os índices de homicídios apontam para mais de 24 mortes por cada 100.000 habitantes na região, a única onde a violência aumentou desde 2005, segundo o relatório elaborado pela responsável pelos trabalhos de investigação sobre Segurança dos Cidadãos do BID, Laura Jaitman.

A especialista referiu que os custos derivados da violência, equivalentes a 3% do PIB, correspondem ao investimento feito em infraestruturas na região ou aos rendimentos dos 20% mais pobres.

Os dados sobre o custo direto da criminalidade têm como base informações obtidas no Chile, Costa Rica, Honduras, Paraguai e Uruguai, cinco países que, segundo a investigadora, permitem obter uma estimativa bastante aproximada da situação regional.

O Chile e o país do grupo onde o custo é menor, 1,8% do PIB, enquanto as Honduras registam valores equivalentes a 4,6%.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.