sicnot

Perfil

Mundo

Dois mortos em ataque a escola na Suécia

Dois mortos e dois feridos graves, além do atacante, é o novo balanço do ataque a uma escola de Trollhättan, no sudeste da Suécia, informou o hospital da cidade.

BJORN LARSSON ROSVALL

"Uma das quatro pessoas que deram entrada no hospital morreu", declarou à agência France Presse um porta-voz do hospital de Trollhättan, Nicklas Claesson.

Os media suecos dizem tratar-se de um dos dois alunos feridos, com 11 e 15 anos. Um professor morreu ainda na escola e o atacante foi gravemente ferido a tiro pela polícia.

Segundo a imprensa local, o atacante, de 21 anos, tinha uma espada e usava uma máscara do filme Star Wars, tendo os alunos pensado inicialmente que se tratava de uma brincadeira de Halloween (Dia das Bruxas, assinalado na véspera do Dia de Todos os Santos).

A polícia foi alertada cerca das 10:10 locais (09:10 em Lisboa) para o incidente na escola Kronan, com cerca de 400 alunos entre os seis e os 15 anos.

O primeiro-ministro sueco, Stefan Lofven, é esperado hoje em Trollhättan, uma cidade industrial com 57.000 habitantes, que acolhe o construtor automóvel Saab, situada a uma hora de estrada de Göteborg.

"Este é um dia negro para a Suécia", disse Lofven numa declaração, adiantando: "Os meus pensamentos estão com as vítimas e suas famílias, os alunos e funcionários, toda a comunidade. Não há palavras para descrever o que estão a passar neste momento".

Os ataques a escolas são raros na Suécia. O último foi um tiroteio registado em 1961 em Kungalv (sudoeste), que causou um morto e seis feridos.

Lusa

  • Professor morto em ataque com espada numa escola sueca

    Mundo

    Um ataque com uma espada numa escola na Suécia provocou cinco feridos e um morto, segundo as autoridades de saúde a vítima mortal é um professor. Sabe-se também que a polícia baleou o suspeito, que foi depois transportado para o hospital, e que dois alunos foram feridos com gravidade. O homem entrou no estabelecimento escolar com uma espada e o rosto tapado. As autoridades estão a investigar as motivações do ataque que aconteceu numa escola em Trollhattan, cidade com cerca de 50 mil habitantes, a norte de Gotemburgo.

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08