sicnot

Perfil

Mundo

Homens armados matam 20 pessoas no nordeste da Nigéria

Vinte pessoas foram mortas a tiros na quarta-feira por homens armados que pertenceriam ao grupo extremista Boko Haram, nas proximidades de uma cidade do estado de Borno, no nordeste da Nigéria, afirmaram fontes locais.

© Afolabi Sotunde / Reuters

Um grupo numeroso de homens armados do Boko Haram, que fugiam de uma ofensiva militar no seu acampamento no distrito de Nganzai, abriu fogo sobre quatro carros nos arredores de Jingalta, que fica a 70 quilómetros ao norte de Maiduguri, matando 20 pessoas, segundo testemunhas no local.

"Recebemos informações de um ataque realizado por homens armados do Boko Haram a quatro carros, perto de Jingalta, matando todos os 20 ocupantes dos veículos, antes das chamas consumirem os automóveis", disse Babakura Kolo, membro do grupo de vigilância local, que ajuda os militares nigerianos no combate ao grupo extremista islâmico.

Os homens armados, que estavam em carrinhas e motas, pilharam e queimaram a aldeia, cujo os moradores já haviam fugido durante o ataque.

Jibir Hassan, um motorista de autocarro, deslocou-se à vila depois da saída dos homens armados e confirmou as mortes.

"Quando chegámos a Jingalta, nós encontramos tudo completamente queimado, destruído e, fora da cidade, vimos os corpos espalhados pela estrada, 20 deles no total", disse Hassan.

Segundo a testemunha, "perto dos corpos estavam quatro corpos carbonizados".

A capital do estado de Borno, Maiduguri é a terra natal do grupo radical islâmico Boko Haram, cuja revolta causou cerca de 17.000 mortos e mais de 2,5 milhões de deslocados desde 2009.

Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.