sicnot

Perfil

Mundo

Mulher que deu à luz em avião foi separada do filho e deportada

Foi deportada sozinha para Taiwan a mulher que entrou em trabalho de parto quando cruzava o Oceano Pacífico a bordo de um avião da China Airlines que fazia a ligação entre Taiwan e Los Angeles. O bebé ficou nos Estados Unidos e a mãe enfrenta, em Taiwan, uma pesada multa por não ter informado a companhia aérea que estava grávida.

O ministro dos Transportes de Taiwan, Chen Jian-yu, é claro: "será inevitável uma indemnização".

A mulher que acabou por dar à luz a bordo do avião não informou a companhia que estava grávida, usou roupas largas para disfarçar e obrigou a companhia aérea a fazer um desvio que custou "milhares de dólares" explica Chen Jian-yu.

De acordo com alguns passageiros, no momento do parto a mulher perguntou várias vezes se já estavam em espaço aéreo norte-americano.

O bebé acabou por nascer no avião e o voo desviado para que mãe e filho fossem assistidos no hospital.

Agora o governo de Taiwan ameaça processar a mulher por não ter informado a empresa que estava grávida de 36 semanas.

  • Parto dentro de um avião
    1:10

    Mundo

    Uma mulher deu à luz num voo da China Airlines entre Bali, Indonésia, e Los Angeles, EUA. O parto foi feito por um médico que seguia a bordo e o momento único foi registado por vários passageiros. O avião aterrou de emergência do Alasca e mãe e filha foram levadas para um hospital.

  • "De hoje em diante, só a América virá em primeiro lugar"
    3:20
  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39

    Mundo

    As primeiras decisões da era Trump não tardaram. O 45.º Presidente dos Estados Unidos da América já avançou com algumas medidas, entre elas, a confirmação dos nomes que vão compor a nova administração e a criação do Dia do Patriotismo.

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.