sicnot

Perfil

Mundo

Mulher que deu à luz em avião foi separada do filho e deportada

Foi deportada sozinha para Taiwan a mulher que entrou em trabalho de parto quando cruzava o Oceano Pacífico a bordo de um avião da China Airlines que fazia a ligação entre Taiwan e Los Angeles. O bebé ficou nos Estados Unidos e a mãe enfrenta, em Taiwan, uma pesada multa por não ter informado a companhia aérea que estava grávida.

O ministro dos Transportes de Taiwan, Chen Jian-yu, é claro: "será inevitável uma indemnização".

A mulher que acabou por dar à luz a bordo do avião não informou a companhia que estava grávida, usou roupas largas para disfarçar e obrigou a companhia aérea a fazer um desvio que custou "milhares de dólares" explica Chen Jian-yu.

De acordo com alguns passageiros, no momento do parto a mulher perguntou várias vezes se já estavam em espaço aéreo norte-americano.

O bebé acabou por nascer no avião e o voo desviado para que mãe e filho fossem assistidos no hospital.

Agora o governo de Taiwan ameaça processar a mulher por não ter informado a empresa que estava grávida de 36 semanas.

  • Parto dentro de um avião
    1:10

    Mundo

    Uma mulher deu à luz num voo da China Airlines entre Bali, Indonésia, e Los Angeles, EUA. O parto foi feito por um médico que seguia a bordo e o momento único foi registado por vários passageiros. O avião aterrou de emergência do Alasca e mãe e filha foram levadas para um hospital.

  • Cavaco apela ao voto contra a eutanásia
    1:09

    País

    A eutanásia será discutida no Parlamento na terça-feira e os deputados do PS e PSD terão liberdade de voto. O PCP e CDS já se anteciparam e garantem que vão votar contra. Cavaco Silva é outra voz crítica em relação a esta questão. O ex-Presidente da República diz que é a decisão mais grave que os deputados podem tomar e apela que nas legislativas de 2019 não se vote nos partidos que forem a favor da morte medicamente assistida.

  • Papa terá pedido a bispos que rejeitem seminaristas homossexuais
    1:15
  • Duquesa de Sussex já tem brasão

    Harry & Meghan

    O Palácio de Kensington apresentou esta sexta-feira o brasão da Duquesa de Sussex, Meghan Markle. O brasão foi criado pelo College of Arms mas teve a ajuda da duquesa para que este fosse "pessoal e representativo".

    SIC

  • Moradores de Lake Worth recebem alerta para invasão de mortos-vivos

    Mundo

    E se de repente recebesse uma mensagem que alertava que a sua cidade estava a ser atacada por mortos-vivos? Foi o que aconteceu com os moradores da cidade norte-americana de Lake Worth, que foram surpreendidos durante a madrugada por uma mensagem de emergência dos serviços estatais, que os avisava de "atividade extrema de mortos-vivos".

    SIC