sicnot

Perfil

Mundo

Presidente do Zimbabué, Robert Mugabe, galardoado com Prémio Confúcio da Paz

O criador do Prémio Confúcio da Paz, aspirante a Nobel chinês, defendeu hoje a atribuição do galardão deste ano ao presidente do Zimbabué, Robert Mugabe, frequentemente acusado de violação de direitos humanos.

Robert Mugabe nas Nações Unidas em Setembro de 2015.

Robert Mugabe nas Nações Unidas em Setembro de 2015.

© Eduardo Munoz / Reuters

Qiao Damo, fundador do Centro Internacional da China de Estudos da Paz, que atribui o prémio, disse à agência France Presse que Mugabe tinha sido reconhecido pelas suas "importantes contribuições" para a paz mundial.

Mugabe, de 91 anos e na liderança do Zimbabué desde 1980, ultrapassou nove outros finalistas, incluindo o fundador da Microsoft Bill Gates, o secretário-geral da ONU Ban Ki-moon e a presidente sul-coreana Park Geun-Hye, adiantou.

"Se ele não tivesse chegado ao poder em 1980, se não tivesse desempenhado um papel, quanto talento teria sido desperdiçado", disse Qiao.

Criado em 2010 como uma resposta chinesa ao Nobel da Paz atribuído ao dissidente chinês Liu Xiaobo, o Prémio Confúcio da Paz já recompensou o presidente russo Vladimir Putin e o ex-presidente cubano Fidel Castro, bem como figuras mais consensuais como Kofi Annan, antigo secretário-geral das Nações Unidas.

Num comunicado anunciando o prémio em setembro, o comité elogiava Mugabe pelo seu envolvimento "na construção da ordem política e económica do país em benefício do povo do Zimbabué" e pelo "forte apoio ao pan-africanismo e independência africana".

Qiao destacou a "capacidade (de Mugabe) para estabilizar o Zimbabué e ao mesmo tempo promover a paz em África" como presidente da União Africana.

Grupos de defesa dos direitos humanos e políticos da oposição acusam Mugabe de supervisionar a destruição da economia e a brutal repressão no Zimbabué.

Gordon Moyo, secretário-geral do Partido Democrático do Povo (oposição), considerou o prémio uma "insanidade", no 'site' de notícias Bulawayo24.

Os organizadores do prémio, adiantou, "deviam enforcar-se de vergonha por recompensarem assassinos que se disfarçam de promotores da paz".

A cerimónia de entrega do prémio, no valor de 500.000 yuan (71.000 euros), está marcada para dezembro.

Lusa

  • Japão ganha nova esperança ao derrotar a Colômbia (2-1)

    Mundial 2018 / Colômbia

    No primeiro jogo do grupo H, a Colômbia foi derrotada pelo Japão. Um dos momentos altos do jogo aconteceu logo ao minuto 4 quando, na sequência de uma falta de Carlos Sanchez, o árbitro assinalou um penálti a favor da equipa japonesa. O colombiano levou um cartão vermelho, depois de ter intercetado um remate do Japão com a mão. Apesar da desvantagem numérica, a Colômbia iguala o marcador aos 39 minutos com um livre de Quintero. Contudo, Yuya Osako colocou o Japão novamente em vantagem aos 73 min.

  • Hospitais públicos à beira da rutura
    2:28
  • Baleia morta ao largo da Fonte da Telha, autoridades lançam alerta à navegação
    2:19

    País

    As autoridades maritimas lançaram um alerta à navegação ao largo da praia da Fonte da Telha, na Costa da Caparica, devido à presença de uma baleia morta. O animal de 15 metros está na zona da praia da Fonte da Telha e ao início da tarde estava a ser acompanhada por uma lancha da Marinha, como relatou o repórter da SIC, André Palma.

  • Repitam comigo: Portugal vai ser campeão do Mundo
    4:56
  • OMS inclui dependência dos videojogos na lista de doenças mentais

    Mundo

    A Organização Mundial de Saúde (OMS) incluiu a dependência de videojogos na lista de doenças mentais, uma possibilidade que tinha sido prevista no início do ano e que foi anunciada esta segunda-feira. Este pode ser mais um argumento para os pais limitarem o tempo de acesso dos filhos às consolas, computadores e todos os dispositivos com videojogos.

  • "Estou a ser posta porta fora (...) faço o que vocês me disserem"
    2:43
  • "Estamos a plantar fósforos"
    2:09

    Opinião

    O calor regressou esta segunda-feira em força e no terreno estiveram quase 1300 bombeiros a combater 70 fogos por todo o país. Depois da tragédia de Pedrógão Grande, o Presidente da República diz que a consciência do país mudou mas é preciso fazer mais. Já Miguel Sousa Tavares diz que o país está mais preparado para combater os incêndios do que alguma vez esteve. No entanto, o comentador da SIC diz que já foram plantados mais de "2500 hectares de eucaliptos" desde Pedrógão e que enquanto isso acontecer Portugal vai continuar a arder. 

    Miguel Sousa Tavares

  • Rapper XXXTentacion morto em aparente tentativa de roubo

    Cultura

    O rapper norte-americano XXXTentacion, de 20 anos, morreu na noite de segunda-feira depois de ter sido baleado, na Florida, no sudeste dos Estados Unidos. Um dos suspeitos terá disparado e atingido o rapper e, de seguida, dois suspeitos fugiram numa viatura escura. A polícia está a considerar tentativa de roubo.