sicnot

Perfil

Mundo

Governo dos EUA disponibiliza ajuda ao México

O Governo norte-americano disponibilizou hoje ajuda ao México para lidar com os efeitos do furacão "Patricia" que considerou como "épico em tamanho e intensidade".

© NASA NASA / Reuters

"Os nossos pensamentos estão com o povo mexicano, enquanto se prepara para a chegada do furacão Patricia. Os peritos em desastres da USAid (agência para o desenvolvimento norte-americana) estão no terreno e preparados para ajudar", afirmou o Presidente dos Estados, Barack Obama, no Twitter.

O porta-voz do Departamento de Estado, Mark Toner, disponibilizou "qualquer assistência" que o México possa necessitar, depois da passagem do furacão que promete ser "épico em termos de tamanho e intensidade".

O Governo mexicano não solicitou, até ao momento, ajuda aos Estados Unidos, mas Washington acompanhará a situação de perto.

Os Estados Unidos acreditam que o furacão vai afetar muitos dos seus cidadãos, porque Puerto Vallarrta, no estado de Jalisco, é muito popular entre os norte-americanos.

Os turistas norte-americanos que se encontrem na zona devem seguir as diretrizes do Governo mexicano, do consulado norte-americano e procurar refúgio.

"Patricia" é o furacão "mais poderoso que existiu na história do planeta", com ventos de 325 quilómetros/hora e com uma categoria 5 na escala de Saffir-Simpson.

Lusa

  • Fogo em Sabrosa entrou em fase de resolução

    País

    O incêndio que deflagrou terça-feira em Vilela do Douro, Sabrosa, distrito de Vila Real, entrou a meio da manhã de hoje em fase de resolução, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

  • Governo garante reforço das verbas para defesa da floresta até ao fim do ano
    2:37

    País

    O Governo rejeitou centenas de candidaturas com projetos para a prevenção de incêndios florestais, por falta de verbas. Perante a situação, o Bloco de Esquerda questionou o Ministério da Agricultura sobre as reprovações. Contudo, contactado pela SIC, o ministro Capoulas Santos garantiu que o programa de desenvolvimento rural está a ser reajustado e, até ao final do ano, está previsto o reforço de verbas.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.