sicnot

Perfil

Mundo

Querido, mudei a estátua

Lenine já não é o que era. Pelo menos em Odessa, na Ucrânia. A estátua do símbolo da revolução russa de 1917 foi transformado em Comandante Supremo do Exército Imperial porque o governo quer "apagar" as lembranças da era comunista no país. Só falta mesmo dizer que é a direita que está no poder.

dumskaya.net Depois (estátua de Lenine transformada em Darth Vader)

dumskaya.net Depois (estátua de Lenine transformada em Darth Vader)

Antes(Estátua de Lenine)

Antes(Estátua de Lenine)

A cidade de Odessa, na Ucrânia, acordou hoje com uma estátua do "outro mundo".

O lugar, anos a fio, ocupado por Vladimir Lenine foi agora entregue a Darth Vader. A ideia partiu do Partido da Internet e foi aceite pelo governo ucraniano.

Além de ser numa sátira política serve para trazer internet gratuita a esta praça da cidade, já que a armadura de Vader foi transformada em router Wi-Fi. Uma espécie de dois em um.

Conta a agência de notícias russa TASS que os moradores decidiram que "estava na hora de mudar de heróis" e Alexander Milov, escultor, levou o pedido à letra.

Porquê Darth Vader? A reposta é simples. O Comandante Supremo do Exército Imperial foi um dos candidatos às presidenciais da Ucrânia. Não conseguiu um lugar sentado no Palácio de Mariyinsky (palácio presidencial da Ucrânia), já que a sua candidatura foi rejeitada pela comissão eleitoral, conquistou agora um lugar em pé numa praça em Odessa.

A ideia foi bem recebida pelo governo, de direita, eleito há cerca de um ano. Vem dar continuidade a uma lei, aprovada há meses, que pretende apagar as lembranças da era comunista. De tal forma que, atualmente na Ucrânia, usar símbolos, cantar músicas e se associar ao universo simbólico da antiga URSS é considerado um crime grave.

  • Negligência é a principal causa dos incêndios
    1:32

    País

    A Polícia Judiciária deteve mais dois suspeitos de fogo posto este fim de semana. Ao todo já foram detidas pelo menos 99 pessoas pelas autoridades desde o início do ano, a maioria suspeitas de agirem intencionalmente. Mas desde 1 de janeiro até meados deste mês, dos 8 mil incêndios investigados pela GNR, mais de 3.300 tiveram causa negligente. 

  • Concentração de motos em Góis
    2:28

    País

    Durante este fim de semana, decorre uma das concentrações de motards mais concorridas do país. A organização esperava cerca de 20 mil visitantes em Góis.