sicnot

Perfil

Mundo

Um morto e mais de 100 feridos em ataque com bomba no Bangladesh

Pelo menos uma pessoa morreu e mais de 100 ficaram hoje feridas num ataque com bomba no principal espaço dos xiitas na capital do Bangladesh, onde milhares se reuniam pela procissão anual da Ashura, indica a polícia.

EPA

De acordo com as autoridades, esta terá sido a primeira vez que a pequena comunidade muçulmana xiita do Bangladesh foi alvo de um ataque, depois de, há semanas, um trabalhador italiano de uma organização humanitária e um agricultor japonês terem sido mortos em ataques reivindicados pelo Estado Islâmico.

Segundo a polícia, um rapaz de 14 anos morreu no local após três bombas explodirem no exterior do Hossaini Dalan, o principal edifício xiita, no bairro de Mughal, em Daca.

"Havia cerca de 20.000 pessoas no exterior do edifício. Estavam a preparar a procissão anual de Muharram, quando as três [bombas] explodiram", descreveu à AFP o vice-comissário da polícia de Daca, Mofiz Uddin Ahmed.

"Descobrimos duas bombas não detonadas, são dispositivos explosivos, quase como granadas com baterias", disse o chefe da polícia local Azizul Haq.

Além do jovem de 14 anos que não sobreviveu, mais de 100 pessoas ficaram feridas, a maioria com estilhaços, e foram transportadas para o Hospital Universitário de Daca.

Com Lusa

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Itália tenta colocar migrações na agenda do G7 contra vontade dos EUA
    1:45
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.