sicnot

Perfil

Mundo

Eleições gerais na Polónia realizam-se hoje

Os colégios eleitorais da Polónia abriram hoje, pelas 7:00 (6:00 em Lisboa) para dar início às eleições gerais, que podem dar o poder à oposição conservadora e pôr fim a oito anos de Governo dos liberais.

© Kacper Pempel / Reuters

Mais de 25.000 centros eleitorais estão preparados para o dia de votação, mantendo-se abertos até às 21:00 (20:00 em Lisboa).

As últimas sondagens deram vitória à principal força da oposição, o partido nacionalista conservador Lei e Justiça, com 32% das intenções de voto.

A candidata deste partido é a antropóloga de 52 anos Beata Szydlo, que defende a importância dos valores católicos e patrióticos, propõe uma redistribuição da riqueza para beneficiar as classes trabalhadoras e manifesta-se relutante em aceitar todas as diretrizes que chegam de Bruxelas.

O segundo partido mais votado seria, de acordo com a sondagem mais recente, o Plataforma Cívica, de centro-direita, com 20% das intenções de voto.

Este resultado deixaria os liberais europeístas de fora do poder pela primeira vez em oito anos.

Os resultados definitivos devem ser conhecidos na segunda-feira.

Lusa

  • Presidente catalão garante ter plano de contingência
    2:14
  • "Não há um verdadeiro debate democrático em Espanha"
    2:24
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    No Quadratura do Círculo desta quinta-feira, José Pacheco Pereira disse que este braço de ferro em território espanhol reforça a linha autoritária que existe em Espanha. Jorge Coelho considera que é urgente recorrer à diplomacia para definir um caminho a médio ou a longo prazo. Já o gestor Manuel Queiró afirma que Portugal não deve encarar este referendo com condescendência. 

  • Subimos ao novo miradouro no pilar da Ponte 25 de Abril
    2:06
  • Uber perde licença para operar em Londres

    Economia

    O regulador de transporte de Londres decidiu hoje que vai retirar à Uber a licença para operar na capital britânica. A proibição entra em vigor no final deste mês e vai afetar 40 mil motoristas da empresa multinacional norte-americana.

  • 60 sobreviventes resgatados dos escombros no México
    1:21