sicnot

Perfil

Mundo

Forte sismo sacode Ásia, mais de 60 mortos

Pelo menos 60 pessoas morreram e há mais de 150 feridos na sequência de um forte sismo hoje sentido no Afeganistão, Paquistão e norte da Índia. O balanço das vítimas tem sido constantemente atualizado. O instituto sismológico norte-americano, reviu a magnitude para 7,5 na escala de Richter.

Pessoas na rua após o abalo de hoje, em Srinigar, Índia.

Pessoas na rua após o abalo de hoje, em Srinigar, Índia.

© Danish Ismail / Reuters

O epicentro do sismo foi registado a 256km a nordeste de Cabul, a capital afegã

O epicentro do sismo foi registado a 256km a nordeste de Cabul, a capital afegã

O norte-americano USGS tinha inicialmente reportado uma magnitude de 7,7. O abalo foi registado às 13:39 locais (9:09 em Lisboa) com epicentro a 196 quilómetros de profundidade no nordeste do Afeganistão, numa área remota das montanhas Hindu Kush, uma cordilheira no Afeganistão e Paquistão Ocidental.

De acordo com a France Press, há 45 mortos confirmados no Paquistão, segundo o último balanço das autoridades. Na cidade de Peshawar, pelo menos 100 pessoas ficaram feridas, na sequência do desabamento de um edifício.

No Afeganistão, fonte do hospital de Nangahar relata a existência de cinco mortos e 55 feridos, segundo a Reuters. Na cidade de Taloqanwhile, 12 crianças morreram numa debandada, quando tentavam sair da escola.

As agência notíciosas adiantam que o sismo fez sair para a rua as populações de várias cidades do Paquistão e do norte da Índia, incluindo Nova Deli, onde os edifícios foram sacudidos pelo tremor de terra durante mais de um minuto. Na capital indiana, a circulação do metro foi interrompida temporariamente.

Em Cabul, a capital do Afeganistão, não há eletricidade em algumas áreas da cidade.

Na zona de Lahore, no Paquistão, as linhas telefónicas estão desligadas.

  • Mais de 160 mortos após sismo na Ásia
    2:03

    Mundo

    O número de mortos do violento sismo de 7,5 que sacudiu hoje o sul da Ásia não para de aumentar. As autoridades adiantam mais de 160 mortos no Paquistão e no Afeganistão. O abalo foi sentido também na Índia.

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19

    Mundo

    O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos recebeu ao início da tarde na Noruega o prémio pelo trabalho que desenvolveu junto das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, FARC. As cerimónias são este sábado e marcadas pela ausência do Nobel da Literatura, Bob Dylan.

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55

    Football Leaks

    Com o escândalo dos agentes de futebol a dar que falar, o Expresso revela este sábado os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa. O nome da empresa de que é administrador, a Energy Soccer, surge na investigação em transferências de jogadores que envolvem o Futebol Clube do Porto num conflito de interesses.

  • Sol e calor ficam para o Natal
    1:50

    País

    Com o Natal à porta, o sol teima em ficar um pouco por todo o país. Até a norte as temperaturas estão altas para esta época do ano com o distrito do Porto a rondar os 18 graus.

  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10