sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 24 mortos em explosão e combates na periferia de Alepo

Pelo menos 24 pessoas morreram esta madrugada na sequência de uma explosão e durante combates nos subúrbios da cidade de Alepo, no norte da Síria, informou hoje o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

(arquivo)

(arquivo)

Das vítimas, 14 são membros das Forças de Defesa Nacional (milícias civis pró-governamentais), que perderam a vida numa explosão de origem desconhecida na estrada da localidade Al Ramusa, a sudoeste de Alepo.

Os restantes dez são combatentes de fações rebeldes, que se envolveram em confrontos com os efetivos do regime nas imediações.

Na sequência desses confrontos, as autoridades sírias recuperaram o controlo de uma fábrica de cimento perto de Al Ramusa.

Em paralelo, prosseguem os enfrentamentos entre as forças do regime e o grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na estrada entre as povoações de Janasir-Azariye, a sudeste de Alepo, e as proximidades do aeroporto militar de Kueires, cercado por 'jihadistas'.

A aviação síria bombardeou hoje as imediações de Kueires, onde se encontram encurralados, há meses, efetivos governamentais.

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • População afetada pelo fogo tenta repor o que as chamas destruíram
    1:54
  • "Juntos por Todos" hoje no palco em Lisboa
  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Esforço dos contribuintes para salvar bancos deve ser minimizado, diz Draghi
    1:49