sicnot

Perfil

Mundo

Rússia diz ter atingido 94 alvos terroristas num só dia na Síria

O exército russo anunciou hoje ter atingido 94 "alvos terroristas" na Síria nas últimas 24 horas, o que representa um recorde diário de bombardeamentos desde o início da sua intervenção, a 30 de setembro.

Imagem fornecida pelo Ministério da Defesa russo de um ataque contra uma "posição terrorista" em Aleppo, a 21 de outubro.

Imagem fornecida pelo Ministério da Defesa russo de um ataque contra uma "posição terrorista" em Aleppo, a 21 de outubro.

RUSSIAN DEFENCE MINISTRY PRESS SERVICE / HANDOUT

O Ministério da Defesa russo precisou num comunicado que os aviões russos efetuaram 59 saídas e bombardearam 94 alvos num só dia nas províncias de Hama (centro), Idleb (noroeste), Lattaquie (oeste), Alepo (noroeste), Deir Ezzor (leste) e na região da capital síria, Damasco.

Moscovo informou também que o exército realizou, nos últimos três dias, 164 saídas e que bombardeou um total de 285 alvos.

Segundo o ministério russo, um armazém de munições da Frente al-Nosra, o ramo sírio da Al-Qaida, foi destruído na província de Damasco.

A mesma fonte informou que três posições fortificadas do grupo extremista Estado Islâmico (EI) foram atingidas em Salma, na província de Lattaquie, acrescentando que uma oficina de montagem de veículos militares foi destruída na província de Hama.

As autoridades russas indicaram ainda ter destruído uma base do EI e um posto de comando na província de Alepo, e várias colunas que transportavam combustíveis e munições.

Na mesma nota informativa, o Ministério da Defesa russo desmentiu ter atingido, durante os seus bombardeamentos, um hospital de campanha em Sarmine, na província de Idleb, como denunciou a organização não-governamental Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

"Antes de destruir um alvo terrorista, a informação é verificada durante um período superior a um dia e verificada através de múltiplos canais. E só quando estamos 100% seguros do alvo, a aviação realiza o ataque", garantiram as autoridades russas.

Desde o início da sua intervenção na Síria, a Rússia afirma que pretende atingir exclusivamente o grupo radical sunita EI e outros grupos "terroristas", em resposta a um pedido do regime de Damasco, liderado pelo Presidente Bashar al-Assad.

Washington e os seus aliados têm afirmado que os raides russos não estão apenas a atingir posições dos 'jihadistas', mas também estão a visar alvos civis e a oposição moderada que luta contra o regime de Bashar al-Assad, um aliado tradicional de Moscovo.

Lusa

  • Oliveira Costa "era incompetente para todos os lugares em que eu o vi"
    3:12
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    O caso BPN esteve em destaque no programa Quadratura do Circulo desta quinta-feira. Pacheco Pereira relembrou que os maiores prejuízos são posteriores à nacionalização e responsabiliza José Sócrates. O Jorge Coelho disse que se fez justiça e que é uma prova que o Estado de direito português está a funcionar. Lobo Xavier garantiu também que Oliveira Costa era incompetente por natureza.

  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33

    Mundo

    O Presidente do Brasil diz ter condições para continuar à frente do Palácio do Planalto. Num vídeo publicado no Twitter, Michel Temer garante que o país não parou, nem vai parar, mas há uma nova gravação que pode comprometer o futuro do chefe de Estado.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.