sicnot

Perfil

Mundo

Venezuela decreta estado de emergência em mais um município fronteiriço com a Colômbia

O Presidente venezudelano Nicolás Maduro decretou hoje o estado de emergência no município de Atures, zona de passagem do Estado de Amazonas (sul) para a Colômbia, para combater grupos de paramilitares, de narcotraficantes e o contrabando de produtos.

© Carlos Garcia Rawlins / Reute

O decreto presidencial alega a existência de "circunstâncias extraordinárias que afetam a ordem socioeconómica e a paz social" local e que visa "garantir a toda a população o gozo pleno e exercício dos direitos".

A 19 de agosto último o Governo venezuelano encerrou, por 72 horas, as passagens fronteiriças do Estado Táchira, com a vizinha Colômbia, após uma emboscada de alegados contrabandistas a militares venezuelanos.

Cinco dias depois, as autoridades venezuelanas decretaram o estado de emergência em seis municípios fronteiriços com a Colômbia, justificando a medida com as mesmas razões: combate a grupos paramilitares, ao narcotráfico e ao contrabando.

A medida foi decretada por 60 dias prorrogáveis e depois ampliada a 20 municípios, abrangendo também os Estados venezuelanos de Zúlia e Apure.

Desde o encerramento da fronteira, pelo menos 1.355 colombianos foram repatriados e mais de quinze mil abandonaram a Venezuela voluntariamente, segundo fontes não oficiais.

O encerramento tem gerado preocupação em organismos internacionais como a União de Nações da América do Sul (Unasul) e a União Europeia.

Lusa

  • Traço contínuo às curvas
    2:42
  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Cristas calcula défice de 3,7% sem "cortes cegos" das cativações
    0:45

    Economia

    Assunção Cristas diz que o défice de 2,1% só foi conseguido porque o Governo fez cortes cegos na despesa pública. Esta manhã, depois de visitar uma unidade de cuidados continuados em Sintra, a presidente do CDS-PP afirmou que, pelas contas do partido, sem cativações, o défice estaria nos 3,7%.

  • Reservas de viagens na Páscoa e no verão aumentaram
    1:19

    Economia

    As reservas de viagens no período da Páscoa e do verão aumentaram este ano, tanto para o estrangeiro como para dentro de Portugal. O Algarve, a Madeira e os Açores continuam a ser os destinos de eleição. Os portugueses estão também a marcar férias com mais antecedência, uma das receitas para conseguir melhores preços.

  • Escada rolante inverte sentido e varre dezenas de pessoas
    1:15
  • Sol influencia alterações climáticas na Terra

    Mundo

    As flutuações da atividade solar têm um efeito sobre o clima da Terra, concluiu um estudo de investigadores suíços, que conseguiu, pela primeira vez, estimar a influência do Sol no aquecimento do planeta.