sicnot

Perfil

Mundo

Facebook processado por manter "online" páginas que incitam a ataques aos judeus

A organização não governamental (ONG) israelita Shurat HaDin revelou hoje ter avançado com um processo contra o Facebook, por a rede social manter "online" várias páginas que incentivam ao assassinato de judeus.

© Rick Wilking / Reuters

A decisão da organização surge após uma onda de ataques de palestinianos ter causado a morte a nove israelitas.

Nitsana Darshan-Leitner, diretor da Shurat HaDin, que avançou com a ação num tribunal nova-iorquino na segunda-feira, exorta a empresa a remover as mais de mil páginas incendiárias e melhorar os seus mecanismos de monitorização.

"Da mesma forma que podem dizer que café bebemos pela manhã, que podem apresentar-nos anúncios ou sugerir-nos amigos com interesses semelhantes, podem monitorizar essas ameaças e apagar as mensagens de encorajamento e de glorificação de ataques terroristas", afirmou Darshan-Leitner à agência France-Presse (AFP).

Cerca de 20.000 israelitas têm apoiado o movimento numa petição 'online', acrescentou o advogado ativista, cuja organização se dedica a ações legais destinadas a salvaguardar os direitos dos judeus.

Na lista de apoiantes figura o nome de Richard Lakin, ali colocado pela família após o homem de 76 anos ter sucumbido aos ferimentos causados pelos disparos e pelo esfaqueamento de que foi alvo num autocarro em Jerusalém Oriental há duas semanas.

O seu filho, Micah Avni Lakin, disse aos jornalistas que o pai era um usuário interessado das redes sociais e considerou que tem de ser repensada a forma como estas são vistas e utilizadas.

"Colocar no Facebook ou no Twitter instruções específicas sobre como deixar alguém de peito aberto e cortar os seus intestinos, como fizeram ao meu pai, é completa e totalmente inaceitável", disse Micah Lakin aos repórteres, revelando que expressou recentemente a mesma opinião ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    1:41
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • A SIC visitou os bastidores do Santuário de Fátima
    7:43
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52