sicnot

Perfil

Mundo

França homenageia vítimas do acidente entre camião e autocarro

A França prestou hoje homenagem às 43 vítimas mortais do acidente entre um camião e um autocarro, perto de Bordéus, na sexta-feira da semana passada.

© POOL New / Reuters

O Presidente François Hollande marcou presença na cerimónia que reuniu as famílias das vítimas. A maioria eram idosos que seguiam numa excursão.

O motorista do camião e o filho de três anos também morreram no acidente. Foi a maior tragédia rodoviária em França nos últimos 30 anos.

  • Autocarro do acidente do sul de França transportava idosos numa excursão
    1:46

    Mundo

    Um grave acidente rodoviário seguido de incêndio matou esta manhã 42 pessoas perto da cidade de Libourne, na região de Bordéus, no sul de França. Um camião embateu num autocarro que transportava idosos em passeio. As vítimas ficaram carbonizadas. Há mais de trinta anos que não havia um acidente rodoviário com esta gravidade em França.

  • Hollande consternado com acidente que causou 42 mortos no sul de França
    0:21

    Mundo

    Um acidente rodoviário em França fez pelo menos 42 mortos, esta manhã. Um autocarro colidiu com um camião perto da cidade de Libourne, na região de Bordéus, no sul de França. Os dois veículos chocaram de frente e incendiaram-se de imediato. No autocarro seguiam idosos que participavam num passeio. As autoridades dizem que há oito sobreviventes, quatro são feridos graves. O Ministério do Interior diz que as vítimas serão todas francesas. O Presidente François Hollande, que se encontra na Grécia, mostrou-se muito consternado e garantiu todo o apoio do governo às vítimas e familiares.

  • As mulheres na clandestinidade durante o Estado Novo
    7:32

    País

    Não se sabe quantas mulheres portuguesas viveram na clandestinidade durante o Estado Novo, mas estiveram sempre lado a lado com os homens que trabalhavam para o Partido Comunista na luta contra a ditadura. Aceitavam serem separadas dos filhos e mudarem de identidade várias vezes ao longo dos anos. A história de algumas destas mulheres estão agora reunidas num livro que acaba de ser lançado.

  • Captura ilegal de cavalos-marinhos na Ria Formosa
    3:02

    País

    Há cada vez menos cavalos marinhos na Ria Formosa. Cientistas da Universidade do Algarve dizem que a maior população desta espécie no mundo, que é a que existe na Ria Formosa, está ameaçada devido à captura ilegal para o mercado asiático. Dizem que, se nada for feito para travar este fenómeno, esta espécie protegida pode desaparecer em poucos anos.