sicnot

Perfil

Mundo

Dirigível militar provocou o caos em Baltimore, nos EUA

Dirigível militar provocou o caos em Baltimore, nos EUA

Um dirigível militar provocou o caos, esta quarta-feira, na cidade norte-americana de Baltimore. O aparelho do departamento norte-americano de defesa soltou-se por volta do meio dia, hora local.

Esteve durante várias horas literalmente a flutuar nos céus, sem que ninguém conseguisse pará-lo. O dirigível, de 74 metros de comprimento, estava equipado com instrumentos de vigilância e radar e chegou a atingir uma altitude de quase cinco quilómetros.

A situação ameaçou o tráfego aéreo na região: arrancou cabos de eletricidade, provocou diversos incêndios e deixou cerca de 21 mil pessoas sem luz. As autoridades decidiram enviar dois caças F-16 para monitorizar o percurso.

Aos poucos, o dirigível foi esvaziando e perdendo altura. Acabou por cair num bosque na Pensilvânia. As causas para o que aconteceu ainda não são conhecidas.

  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.