sicnot

Perfil

Mundo

Human Rights Watch denuncia violência policial no México

Agentes da polícia federal mexicana terão executado ilegalmente pelo menos 11 pessoas durante dois tiroteios em 2015 no estado de Michoacán (oeste), refere um relatório hoje divulgado pela Human Rights Watch (HRW).

© Henry Romero / Reuters

Diversas testemunhas destes dois sangrentos acontecimentos, em que foram mortos 50 civis, declararam "ter visto polícias a executar civis não armados durante os disparos, e quando as situações já estavam controladas", indicia aquela organização não governamental (ONG) com sede em Nova Iorque.

No entanto, "a reação do Governo foi negar o recurso ilegítimo à força e limitar-se a apresentar as vítimas como agressores", acrescenta o relatório.

"Nenhum polícia foi preso" pelo que sucedeu em Apatzingan em 06 de fevereiro, onde oito civis encontraram a morte, e em Tanhuato em 22 de maio, durante uma troca de tiros que provocou a morte de 43 pessoas, incluindo um polícia, precisa o relatório da HRW.

Uma fonte da Comissão nacional de segurança, contactada pela agência noticiosa France Presse, recusou qualquer comentário.

A tragédia de Apatzingan ocorreu após uma concentração de civis, membros de milícias de autodefesa que protegiam a população contra o cartel narcotraficante dos Cavaleiros Templários frente à câmara municipal da cidade.

Uma testemunha citada pela ONG afirmou que os disparos eclodiram após a manifestação, e que os polícias abriram fogo indiscriminadamente, matando dois civis que estavam por terra.

O Governo mexicano afirma que os manifestantes abriram fogo, mas a ONG recebeu um vídeo de vigilância proveniente das mesmas autoridades em que se confirma que os civis não estavam armados.

Em Tanhuato, uma comunidade de 15 mil habitantes, 42 civis e um polícia foram mortos durante uma operação da polícia.

"Um investigador dos direitos humanos", que interrogou três detidos que assistiram à cena, afirmou à ONG "que após o tiroteio inicial, diversos polícias executaram pessoas não armadas que tentaram escapar dos locais onde estavam a ser vigiadas".

No total, segundo as testemunhas, nove civis foram mortos de forma abusiva neste incidente.

As forças policiais e militares mexicanas são regularmente acusadas de abusos e de violência.

Recentemente, sete militares foram detidos pela presumível execução de oito civis durante um confronto que provocou 22 vítimas em junho de 2014, mas quatro dos acusados foram depois libertados por falta de provas.

Lusa

  • Biológicos nas escolas e nos telemóveis

    País

    O Governo vai criar o Dia Nacional da Alimentação Biológica e uma estratégia que passa por distribuir produtos biológicos nas escolas e criar uma aplicação móvel para os portugueses poderem localizar unidades de produção ou comercialização de produtos biológicos, segundo a Estratégia Nacional que será hoje apresentada.

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.