sicnot

Perfil

Mundo

Justiça turca pede prisão para crianças que arrancaram cartazes de Erdogan

A justiça turca pediu penas de prisão contra dois rapazes, de 12 e 13 anos, acusados de "ofensa ao presidente" por arrancarem cartazes com a imagem do Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, noticiou hoje o diário Radikal.

A procuradoria da cidade de Diyarbakir (sudeste da Turquia) pediu que as duas crianças, detidas a 1 de maio, sejam condenadas a penas de um a quatro anos de prisão.

"Vinha com o meu primo do mercado e arrancámos os cartazes para vender o papel aos que fazem reciclagem. Não prestámos atenção à imagem, não sabíamos quem era. Só queríamos vender o papel", disse um dos rapazes.

Segundo o código penal turco, tratando-se de menores, a condenação não pode ser superior a dois anos de prisão.

A justiça turca tem aberto nos últimos anos numerosos processos por "ofensas ao Presidente", vários deles contra menores, embora um dos mais polémicos tenha sido o instaurado contra a ex-Miss Turquia Merve Buyuksaraç por ter partilhado numa rede social um poema satírico que nem sequer mencionava o nome ou o cargo do presidente.

Lusa

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.